Aceite-se do jeito que você é e do jeito que está hoje!


Apareceu a margarida!
Então, cá estamos...
Essa última semana não foi nada fácil!
Primeiro, porque, graças a Deus, meu inferno astral se manifestou apenas duas semanas antes do meu aniver e não um mês antes (é amanha! aceito presentes!). Então, me incomodei e me odiei por pouco tempo kkk.
Segundo, sexta-feira perdi meu avô, pai do meu falecido pai, estava bem velhinho, com quase 87 anos, e como ele tava muito judiado, muito fraco e sofria demais pela perda do filho, de certa forma foi melhor assim, o que conforta é que ele agora foi curado de todas as doenças que tinha e isso de certa forma me deixa aliviada, viver do jeito que vivia aquele velhinho ninguém merece, por isso acho que não senti tanta tristeza em perdê-lo... para mim era terrível ir visitar ele e ver ele mal conseguindo se aguentar sentado. Deus precisou dele, e ele foi. Agora ele está bem.
Terceiro, fui negligente com todos meus livros de emagrecimento essa semana, acho que por estar nesse inferno astral e com ódio de mim mesma acabei jogando tudo pros ares, mas quero tentar tirar os atrasos.
O Pense Magro dará mais trabalho, pois foram dias e dias de atraso, muita coisa eu já tenho como hábito no meu dia-a-dia, então, vou ler e agregar as tarefas que faltarem ao meu dia.
O Emagreça comendo preciso fazer algumas coisinhas que espero que de hoje não passe, preciso gravar alguns exercícios em voz, para escutar antes de dormir e ao acordar, que fazem parte das técnicas de neurolinguistica. E tendo esses exercícios em voz, em qualquer lugar posso escutar e recorrer a eles.
Um deles vou dividir com vocês hoje, pois ele trata de uma atitude que tomei e não sei se já falei aqui, mas resolvi que vou me aceitar do jeito que estou.
Como assim?
Não vou mais deixar as coisas para quando emagrecer, tipo, comprar roupas ou fazer coisas quando emagrecer. Vou fazer tudo hoje, aceitar o corpo que tenho, cuidar dele, comprar roupas novas para ele e se emagrecer, compro outras ou desencavo as roupas que não servem e deixei em outro roupeiro.
Se a gente se aceita do jeito que é, fica mais fácil cuidar da gente, a gente se sente bem consigo mesmo e tudo fica mais fácil, inclusive se cuidar mais, cuidar alimentação, aparência, e etc...
Quando fazemos dieta, normalmente é por conta de aparência, nos odiamos como somos, odiamos as roupas manequim 44, odiamos as roupas largas, odiamos não usar um vestidinho mais justo, enfim... queremos mudar pois odiamos nossa aparência atual.
Aí você não se exercita um dia, não segue seu plano alimentar e qual a primeira coisa que vem no cabeção?
"Eu sou uma gorda idiota que vai emagrecer nunca, vou ser feia pro resto da vida".
É ou não é?
E sabe o que vem depois?
Você come, come, come... se pune por ser tão feia!
E sabe o resultado? Você continua gorda e feia, pois é só isso que consegue ver!
Se ame, se cuide, valorize o que tem, se cuide hoje, não espere amanhã para isso...
Fiquem com o exercício, espero que consigam ver os prints se clicarem em cima (tem que clicar em cima para conseguir ler...).
Bjuuuuuus!
Parte 1 - clica que aumenta
Parte 2 - clica que aumenta

10 comentários:

  1. É difícil mesmo nos aceitar como somos, mas estou tentando... Agora quanto as roupas, é mais difícil, só estou comprando em último caso, porque eu quero emagrecer e não quero ficar com um monte de roupa perdida... Mas o importante é não desistir mesmo.
    Beijo e feliz aniversário!

    ResponderExcluir
  2. oi sammy tenho feito isso de forma diferente ao acordar e ao dormir posto fotos no facebook, sempre positivas e motivadoras. Algumas amigas fazer o mesmo e no final temos varias frases por dia...
    beijos e calma que tudo vai dar certo

    ResponderExcluir
  3. Pior é que é bem assim... A gente vai só reforçando as coisas e quando vê entra num ciclo vicioso e não consegue mais sair! Adorei esse texto, bem certinho! BJos

    ResponderExcluir
  4. Oi Sammy, fazia tempo que não vinha aqui!!!
    Sinto mto pelo seu avô!!! Que ele esteja na paz de Jesus e que Deus conforte o coração da sua família!!!

    Sobre nos aceitar, concordo com vc!!! Lutar pelos nossos objetivos é uma coisa, nao se aceitar e se julgar o resto da vida, é outra!!!

    Beijos, e bosa semana!

    ResponderExcluir
  5. Apoiado!!! Eu acho que sou desleixada por preguiça. E estou sempre colocando a culpa no fato de estar gorda. Daí falo: quando emagrecer e ficar bonita, ai sim, me arrumarei. Pobre do meu Marido. Convivendo com uma baranga que ha anos tenta e n consegue emagrecer. Rsrsrs. Bjus e boa sorte.

    ResponderExcluir
  6. Meus sentimentos amiga por seu avô e linda palavras vc usou para falar dele, agora ele está com Deus e olha por vocês. Recomece de novo, não é vergonha amiga é um prazer todos podermos começar tudo de novo todos os dias é o que nos mantem aqui sde pé, bjs

    ResponderExcluir
  7. OI Sammy, sabe que vc tem razão.
    A gente sempre faz planos pra quando ficar magra, ai nesse meio tempo vai ficando desanimada porque nada presta. Tudo será recompensado quando tivemos o corpo dos sonhos. Vivemos apenas de planos e sonhos do futuro e o agora fica pra trás. Seguirei seu conselho e vou parar de fazer as coisas só quando emagrecer. Vou comprar roupa nova agora e quando emagrecer compro mais...
    Mto obrigado!
    bjos

    ResponderExcluir
  8. é aquela coisa de só ser feliz quando for magra... e só emagrecer quando se sentir feliz hauahuahuhahua

    nunca dá certo

    beijos

    ResponderExcluir
  9. Feliz aniversário Sammy...
    Que os anjinhos sempre digam amém a cada sonho seu...
    Parabéns...
    Beijokas mil pra ti....

    ResponderExcluir
  10. Legal! Eu tenho um complexo muito grande com as minhas orelhas, não gosto de prender o cabelo porque me sinto um dumbo e todas as pessoas dizem que eu sou louca, que minhas orelhas são pequenas; sim, são pequenas mas são afastadas da cabeça sabe como? Claro que não é aquele exagero todo mas quando a gente não gosta de alguma coisa no corpo não dá né?! É bem o que tu falou mesmo. Aí acho que tenho peitos enooooormes e pensei mil vezes em fazer mamoplastia, claro que o marido não quer, além de que depois de amamentar acho que eles diminuem um pouco né?! Tbm não é nenhum exagero mas já viu. às vezes eu gosto, às vezes eles me irritam e assim vou caminhando =/
    Beijos
    http://eusemprekiss.blogspot.com

    ResponderExcluir

Fiquem à vontade!