Seja fiel a ti mesmo




Li um artigo muito bom, de um site que recomendo infinitas vezes pois sempre tem alguma coisa boa e que me faz pensar: http://somostodosum.ig.com.br/conteudo/c.asp?id=13313.

Faço coisas que muitas vezes as pessoas não teriam coragem de fazer, principalmente se falando de mulheres. Usar Melissas estravagantes (quem conhece sabe que tem modelos bem divertidos), usar um all star sujo, usar uma touca estilo rastafari, unhas sem esmaltes, beber cerveja, conversar abobrinha, falar palavrão sem pudor nenhum, gostar de carros e não se sentir intimidada em conversar a respeito disso com homens, principalmente quando eles podem me ensinar algo sobre o assunto. Tenho um porco rosa no meu carro, de enfeite (ok, às vezes maridex esconde ele quando pega o carro, mas mesmo assim ele acha divertido aquela coisinha ali hehehe), quando comprei a porquinha sentia vergonha de usar... Mas que se dane, não é novidade para ninguém que amo rosa. Foda-se. E ela está lá!

Como meu marido diz: sou uma mulher fora de moda. Mas antes de falarem mal dele, achando que ele está me botando defeito, preciso esclarecer: ele diz isso como um elogio. Ele diz que eu não vou junto com a multidão, não tenho as coisas porque todo mundo tá usando. Só uso o que gosto, não porque todo mundo está usando. Esse negócio de imitar não é comigo. Aliás, detesto ver gente igual (com exceção de uniforme, que é claro, uniforme), por exemplo: essa moda das calças listradas... eu saía na rua e tinha umas quantas figuras que nem zebras... Seria lindo, mas essa coisa meio "par de vaso" não rola comigo.




Acho que boa parte da minha vida eu me escondi em cores discretas, roupas discretas, nada na moda, porém como eram peças comuns, ninguém torcia o nariz também.

Perdi as contas das vezes que comprei roupas lindas e não usei por pudor do julgamento dos outros: é o que o mundo espera de mim? O que será que vão falar? Vão rir de mim? Vão ficar me olhando?

Acredito que toda essa preocupação eu fui eliminando aos poucos num dado momento que não vem ao caso. Aos poucos fui me desligando (e ainda estou me desligando) dessas amarras e correntes. Há quem diga que há coisas que eu deveria ter largado de mão por conta da idade, mas acho que felicidade não tem idade e se algo te faz sorrir, que assim seja.




Uma amiga esses dias raspou um lado da cabeça... Olhei para ela e vi: Essa é minha amiga de verdade, essa é a mais pura essência dela, não adianta ela tentar ser de outro jeito, ela é assim e pronto. Parecia que eu via uma aura mais cintilante e bonita quando vi que ela estava sendo ela mesma, sem pudor. Sem essa de fazer aquilo que os outros esperam de ti.

Quando somos apenas nós mesmos, isso torna a gente mais bonito.

Minha mãe tem 56 anos, adora roupa colorida e tá nem aí. Ela tem várias leg's coloridas e usa elas sem estresse. Há quem possa dizer que não é adequado pra idade dela, mas ela gosta de cores, sempre gostou de estampas. E fico feliz de ver ela assim, ainda mais depois de tudo que ela passou.

Antes até julgava as senhoras que se vestiam de colorido e com roupas que a maioria chama de "roupa de guria", mas hoje em dia, pensando bem... Poxa vida, com tanta cor no mundo, limitar alguém a usar apenas cores "sérias" é pra matar...

As pessoas se apaixonam pela gente não porque estamos na moda, ou porque temos belas pernas, ou então porque nossos olhos são verdes e nosso cabelo está bem cuidado. Claro, temos a terrível primeira impressão, mas depois de um tempo o que fica mesmo é o que somos, por isso digo que há coisas que não tem como disfarçar ou esconder, tudo um dia aparece. Não adianta se vestir como uma lady, linda e maravilhosa e ser um lixo de gente.

Não adianta tentar se transformar em algo que tu não és, ou tentar passar isso nas redes sociais. Se estás precisando provar alguma coisa para alguém, acho que você tem sérios problemas e o buraco é mais embaixo...

Seja feliz do jeito que és, se for para mudar, que seja com as experiências que a vida nos dá, que seja ao natural, sem pressão.

Bom, não sei se me entenderam, mas acho que consegui passar o desabafo né?

Um doce light pra quem adivinhar minha última aquisição (que está chegando pelo correio). Em breve, fotos!

BjuuuuuuS!

Imagens daqui e aqui e aqui

8 comentários:

  1. Ótimo texto, já faz algum tempo que parei de me preocupar com o que os OUTROS vão pensar. Quero viver pra mim, fazer as coisas eu EU gosto e não o que eles acham que é bom.

    Adorei mesmo. Beijo

    ResponderExcluir
  2. Adorei a mensagem, já coloquei nos favoritos o site recomendado, super bacana! Aqui tem os blogs, sites que vc acompanha? não achei.
    Se puderes indicar, gosto de todos os assuntos, comportamento, receitas,... agradeço

    Um abração,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bah... boooa ideia, vou colocar em algum lugar a lista de links que curto e recomendo! :D

      Excluir
    2. Obrigada, aproveitando,...já pensou em fazer um "encontrinho" com suas leitoras? Seria super legal trocar esta energia boa com tantas pessoas diferentes!! Abração

      Excluir
    3. então... tem os encontros do lightchê, estás nele no grupo do facebook? se não, te adiciono lá! Agora dia 9 temos um amigo secreto... que tal? bjuuus!

      Excluir
  3. Adorei o texto Sammy! Isso já foi um desafio pra mim.. Ser-me fiel e parar de seguir as convenções sociais.... Muito mais feliz agora não é?
    Você é linda do jeito que você é!

    ResponderExcluir
  4. ah lindeza como te entendo viu.. sou bem parecida ctg.. não ligo pra opinião alheia.. afinel.. nem pedi..rs.. as vezes sou relaxada.. as vezes tenho um surto de mulherzinha..rs.. mas ainda continuo sendo mais macho que muito homem (desde criancinha kkkk).... não me apego a modismos.. nem tendências.. se eu gosto eu gosto e prontocabô.. minha filha fica loka comigo..rs.. uso shorts normal, e daí ke minhas varizes e celulites aparecem, acha feio não olha kraiu.. calor por causa dos outros ke eu não vou passar... qdo minha filha fala.. "vc vai sair com esse chinelo?".. eu só respondo.. "garanto pra vc ke vou e volto e ninguem vai ter me dado outro"... kkkk... sou desbocada, falo palavrão, odeio serviços domésticos e não fico medindo palavras.. comigo é assim.. se tem medo da resposta então não me faça a pergunta.. pq falo tudo que penso.. e assim segue a vida.. bjokas lindeza e sucesso sempre

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo blog e pelas palavras! Serve de incentivo para nós todas que estamos nesse árduo caminho de auto conhecimento e auto controle...rs... Beijos

    ResponderExcluir

Fiquem à vontade!