Minha máquina de fazer pão e Receita de pão de batata doce


Vortei gente linda e poderoooosa… Vi esse blog meio abandonado e precisei vir…



Antes de mais nada, consegui passar na prova do CFC! \o/\o/

Agora estou livre dessa encrenca!



Bom, alguém tinha um dia desses pedido para dizer como funcionava minha máquina de fazer pão, se consumia muita energia e afins.
Bom, abaixo uma foto com vários clicks da dita cuja. Desculpem a montagem amadora das fotos, mas é o que a casa oferece.

maquina

Eu uso basicamente ela para bater massa. Deixo a massa batendo e vou cuidar da vida, por exemplo, quando faço alguma torta, deixo a massa batendo enquanto preparo o recheio, e nisso economizo muito tempo, já que muitas vezes faço essas tortas e quiches quando chego do trabalho e não tenho muito tempo de ficar batendo massa.

Consumo de energia? Quando morava no apartamento, usava ela nos seus ciclos completos, ou seja, usava a máquina para bater a massa e assar o pão. Usava ela no mínimo uma vez por semana e não via grande diferença na conta de energia elétrica. Mas devido ao formato do pão, prefiro assar hoje em dia no forno mesmo…

Receitas? Ela vem com um manual, com várias receitas de tudo que é tipo, segue as receitas que não tem erro!

Ahhh Sammy meu pão fica duro, meu pão não cresce, meu pão cresce e depois baixa… Uma coisa é certa: NÃO DEIXEM ELA BATER A MASSA TÃO SOZINHA ASSIM! Ela bate a massa mas eu sempre fico de olho, tem que ficar no ponto, a massa não pode se esfarelar e nem pode estar mole demais (isso no caso do pão), tem que ficar no formato de bola e que não grude nas mãos.

Esses dias eu fiz exatamente igual uma receita e e hoje essa mesma receita não deu certo, o que pode ter acontecido? É que pão é uma ciência nada exata! Tem dias que o ar está mais úmido e a farinha pode acabar ficando mais molenga, ou vice-versa. Dependendo do clima e da posição dos astros, pode ser que a gente precise colocar mais farinha ou mais água na mistura. Por isso nunca deixe ela bater a massa sozinha!

Vale a pena, afinal de contas, comprar a bendita? CLAAAAAAARO, minha vida é outra com ela, me poupa esforço e tempo quando preciso fazer qualquer massa, ela vai batendo e eu vou cuidando do recheio (no caso de tortas) ou vou cuindando da vida, só não gosto de assar o pão nela, prefiro o forno mesmo! :D

Quando asso o pão na máquina, fica ruim… e no forno fica bom, por quê? Sei lá, acho que a forma não é muito propicia para isso, ou a máquina esquenta demais… sinceramente, não sei.
A receita que usei hoje para tirar as fotos é essa:

O leite eu usei de soja e não usei ovos, acabei usando CMC (fiquei com medo que o trem não desse liga kkk). No lugar da margarina, óleo.

pão batata doce


Pão tá assando, fico devendo a foto dele, mas posso dizer que ficou tão, mas tão macio… to doida pra devorar ele de manhã no café! hehehe…

Bjus e se cuidem!

Lugar de médico é na cozinha


Ganhei o livro da Valerie, resolvi começar a ler ele... faz parte dos meus planos aumentar a horta lá em casa (a niveis astronomicos, mas isso eu explico um dia desses). E sendo assim aumentar a cota de alimentos orgânicos lá em casa.

O livro trata, digamos assim, de uma "vertente" do veganismo, o crudivorismo, ou seja, alimentação crua.

Sim, é algo meio radical (como se para a sociedade ser vegano já não fosse radical o suficiente kkk), mas parando para pensar faz todo sentido... nos primordios o homem se alimentava de comida crua, certo?

E outra, cozinhando os alimentos, eles acabam perdendo vitaminas e sabemos que isso é verdade. E alimentos cozidos tentem a ter uma facilidade maior de serem contaminados, pois o alimento estando "morto" as bacterias fazem a festa.

Acabei comprando mais dois livros sobre alimentação viva que vou receber em breve.



.

Continuo devorando livros, é isso que mata minha "fome" por bem estar (uma das coisas)... adoro ler até bula de remedio, revista, folheto, o que me der estou lendo kkkkk.

Adoro livros sobre alimentação, acho que se não tivesse feito informatica, teria cursado nutrição. Mesmo que muitas vezes não siga os principios dos livros, acabo entendo muito bem como certos alimentos funcionam, de onde tirar certas vitaminas e minerais. Sabiam que couve tem mais calcio que leite? Hahahahahaha...

Inspirada no livro, esse findi vou me dedicar a mexer na terra mesmo, preciso plantar alguns temperinhos, organizar outros... preciso mexer na terra, nem que seja para relaxar.

Mas sabe qual meu sonho mesmo? Ter espaço para plantar tudo o que eu quero, colher tudo no pátio... imagina que maravilha? Ah sim, e ter uma galinha de estimação kkkkkk....

Bom findi a todas!

Bjus!

Como criar uma Vida Nova?



Mensagem muito boa, assino a news letter desse site e sempre vem algum texto bem bacana, e me identifiquei muito com ele, estou partindo para uma nova era da minha vida, mais uma entre tantas que já passeo na minha vida...

Não é falta de assunto, eu juro hehehehe... achei o texto muito bom, vejo muita gente na blogosfera querendo começar vida nova... enfim.

Fonte: http://somostodosum.ig.com.br/clube/c.asp?id=33158

Tenho ouvido muita gente falar em vida nova, em mudança de ciclo, em um começo de uma nova era. Ouvi até alguns comentarem sobre não ter mais karma. Acho tudo isso muito pesado para um ser humano normal carregar. Imagine você tendo que se responsabilizar com a mudança do mundo?!

São muitas expectativas, muitos sonhos e esperanças, e tudo isso causa medo e insegurança, mesmo para aqueles que já estão no caminho e sabem que para ter resultados novos, melhores, diferentes, terão que agir de outra maneira. Pois a vida não vem pronta, não é um universo externo a nós. Nós fazemos a vida, nós criamos a realidade interna, que é nossa percepção do mundo, e também a externa, que é a realidade que já vem pronta.

Que o mundo está mudando tenho certeza, nunca vi tanta gente buscando caminhos espirituais como agora, o que me deixa muito feliz, mesmo pensando que muitas dessas pessoas estão procurando vivência espiritual por conta de decepções, acho uma alternativa válida. Quantas almas despertando para um mundo de possibilidades e esperança, e desejo que cada um tenha seu despertar iluminado, porém, é preciso salientar que se trata de um caminho, um aprendizado, e tudo isso requer esforço e muito boa vontade. Não é porque começamos algo novo que tudo dará certo. Pois as coisas têm um tempo, e mesmo que mudemos algo hoje, a repercussão dessa transformação se manifestará ao longo do trajeto. Por isso, precisamos fazer as mudanças e, em paralelo, ir lidando com o dia a dia e seus muitos atropelos. Já que não existe uma fórmula mágica que transforme a realidade à nossa volta de uma hora para outra.

Você pode estar novo por dentro, acreditando em todas essas mensagens cheias de esperança e motivação, mas como estará encarando o mundo e interagindo com a sua família, o seu local de trabalho, os seus colegas, os seus filhos?

Será através de você que a mudança real deste mundo vai acontecer. E tenho certeza que não acontecerá com falatórios e bons discursos, porque muita gente inclusive se irrita se você quiser ficar ensinando, passando para frente as coisas que aprendeu. As pessoas despertarão através do seu despertar, que se mostrará em boas atitudes. Não me refiro a você se santificar imediatamente, porque isso é impossível. Não dá para imaginar que agora que você já sabe de algumas coisas, que tudo dará certo e que esse lindo universo conspirará a seu favor. Aliás, seria muito bom se as coisas funcionassem assim, sem esforço ou dedicação. Porém, mesmo que dê trabalho, e que tenhamos que nos empenhar nessa mudança, vale muito a pena continuar investindo, pois a gente ganha muita força, fortalece a fé quando toma atitudes, quando aprende a dizer sim, e também não, quando aprende a colocar limites sem raiva, ou mesmo guardar o silêncio em horas de estresse.
Fazer o bem não é somente baixar a cabeça e ser conivente com as pessoas para não causar mágoas ou brigas, nem é também sair por aí se defendendo ou bancando seus pontos de vista sem ouvir os outros, ou mesmo se achando superior porque conhece outras coisas que descobriu fazer maior sentido. Fazer o bem acima de tudo, é ser consistente, tanto em relação à espiritualidade, como também com as questões do mundo objetivo.
Ter bom senso, olhar para as coisas com equanimidade, sem tanta paixão na defesa de suas crenças, fará muito bem. E com a prática desse estado mais contemplativo que a meditação e a oração nos traz, você terá muito a ganhar.

Fazer parte de um mundo melhor, mais iluminado, mais amoroso exigirá de cada alma desperta muito amor, e muita dedicação, e para tanto teremos inclusive que desenvolver uma grande paciência com nossos próprios erros, tolerância com o mundo externo e atitudes alheias, porque o conceito de mundo melhor tem que sair de discursos, de lindas palestras e conquistar espaço no dia a dia, e isso somente acontecerá através de você.

Eu, você, seu filho, meu filho, nossos vizinhos, colegas de trabalho, familiares, faremos o novo mundo criando um novo olhar e novas atitudes frente a tantas coisas conhecidas. Pois se continuarmos interagindo com a vida da forma corriqueira que fizemos até então, como esperar ver mudanças reais?

Aliás, vale lembrar que esta sintonia da nova vida vem numa energia astrológica de Saturno, que é representado pelo pai, severo, exigente e introspectivo, que não é exatamente ruim, ao contrário, promove consistência em nossa caminhada, o que significa que as ações devem ser profundas, pensadas, de forma responsável. Mas apesar de parecer difícil e algo para pessoas mais velhas fazerem, tenho visto muitos jovens envolvidos na espiritualidade e com muita vontade de sair do consumismo. Vejo isso com bons olhos, porque são pessoas que não estão entrando numa vida mais alternativa, como fuga, como uma saída para o insucesso. Vejo pessoas querendo viver de um outro jeito, qualificando-se para esta outra forma de viver, preparando-se para as exigências desse percurso. Essa responsabilidade saturnina é algo muito positivo porque não são apenas movimentos alternativos que não subsistiriam aos primeiros abalos. Ao contrário, quanto mais consciente for uma ação, mais chance de sucesso ela terá.

Criar o novo mundo vem de dentro de nós e exigirá uma dedicação constante, aliás, como tudo na vida. Porém, um trabalho feliz, por ideais que fazem o coração bater forte.
Se você é médico, dentista, administrador de empresa, funcionário público, ou seja lá o que for, faça sua parte, nessa mudança de vida, de uma forma boa, invista na sua profissão, faça o seu melhor, dedique-se a ajudar o próximo, mesmo sabendo que sempre os desafios e obstáculos mais intensos estão na família, no trabalho, nas questões mais íntimas e próximas.

Então, vamos à nova era, porém, tendo que continuar praticando aquilo que há mais de dois mil anos Jesus falou: amar ao próximo como a ti mesmo, porque uma nova era só pode ser alicerçada no amor, na boa conduta e na integração entre corpo, mente, espírito, como o bom e antigo código de ética espiritual sempre nos ensinou.

E vamos na luz!

Novos horizontes

 
Minha gata dormindo e eu tendo que ir trabalhar... :/

Sabe quando a pessoa tem algo que deseja pra caramba, fica pensando em mil coisas que faria se tivesse aquilo e aí chega um dia que tu descobre que aquilo que tu queria não pode mais ter?

Sabe quando isso acontece e, mesmo sendo uma pena não ter mais aquilo, tu te sentes como se uma tonelada e meia tivesse sido tirada das costas? Se sente livre, solta?

E aí tu de cara descobre que nem era bem aquilo que tu queria, tu queria outra coisa desde o começo, mas nem tinha coragem de buscar isso.

Maridex leu meus pensamentos.

Esse final de semana fomos para Canela e Gramado, no Rio Grande do Sul, no caminho de ida contei o que aconteceu de errado nos nossos planos (sim, era nosso plano), ele já sabia e só de tocar no assunto ele ficou meio perdido, até errou o caminho... :S

Bom, chegamos em casa no domingo, peguei ele já dando uma olhada na internet a respeito de outras oportunidades e senti um alivio em saber que ele pensava o mesmo que eu.

Lá no fundo, a gente queria aquilo um dia, quem sabe. Quando meu pai era vivo, a gente até tinha conversado a respeito de fazer algo assim.

Mas esses dias eu tava com uma vontade grande de buscar isso. Mais do que antes.

Sim, sim, apesar de querer aquilo muito, não tinha coragem de dividir isso, pois ele mesmo já havia dito alguma vez que isso não daria para fazer por algum motivo que até me esqueci... e teve um momento esses dias que tive uma epifania sobre esse meu sonho retraído, mas não era o momento propicio pois ele não me levaria a sério (estava no meio de uma bebedeira kkkkk) e talvez nem se lembrasse disso depois.

Bom, eis que pego o danado pesquisando a respeito.

Fiquei feliz... para esse sonho, não precisaria da boa vontade de ninguém para realizar, bastava eu querer (claro, preciso pagar para isso, mas no outro sonho precisaria também), não precisaria esperar alguem sair do muro para dar um jeito na situação.

Me senti com meus pés mexendo os dedinhos, descalços, na terra ou na grama e com uma xícara de chá na mão apreciando as montanhas.

Tem coisas "ruins" ou que não dão certo que vem para mostrar que a gente é muito melhor que isso, muito melhor mesmo.

Não vou dizer quais eram esses sonhos pois não quero expor eles pros urubus, quero ter as coisas na minha mão para conseguir atirar pros quatro ventos que consegui.

Só posso garantir que estou leve, muito leve.... e ansiosa pelo final de semana para começar a colocar as coisas em prática!

Quanto a alimentação e afins, quebrei a banca esse final de semana que passou, fomos a Canela e Gramado - RS e comemos muito! Mas tava um final de semana muito bom!

Consegui colocar as idéias no lugar.

Tá certo que sábado tava uma neblina de tirar o fôlego, parecia que eu tava em Silent Hill, mas no domingo conseguimos tirar algumas fotos...

Ainda farei um post a respeito desse final de semana.

Ando postando menos do que postava, mas faltou assunto e muitas vezes faltou ânimo.

Estou com umas idéias na cabeça e espero por em pratica logo, terminei alguns livros e to indo começar outros, vida nova minha gente... pois ainda vem muita coisa por aí!

Fiquem com uma foto da vista pro Vale do Quilombo, tiramos do restaurante panorâmico do hotel que ficamos, o Laje de Pedra.



Tenham uma ótima semana!

Felicidade é questão de escolha


Eu sei que o título do post é supre clichê e tal, mas tive essa epifania ontem de noite, que aliás, foi meu niver! \o/ 25 aninhos muito bem vividos.

Óbvio que tive que relacionar esse click com melissas...


Essa Melissa aí em cima é uma Lady Dragon, uma das mais charmosas da marca!

Bom, comprei ela quando estava começando minha coleção de Melissas e achava o modelo tão lindo que tinha que ter um.

Só que eu tenho um probleminha, um pé ele fica certinho, o outro tem uma "gordurinha" logo abaixo do dedinho, do lado do pé que, quando coloco sapatos ou sandálias que tem esse fechamento na frente, fica a gordurinha de fora e se for analizar muito, fica feio.

Só sei que naquela época, quando comprei, eu tinha usado apenas uma vez ela por isso, pois olhei meu pé feio daquele jeito e resolvi: fico feia com esses saltos, Melissa infelizmente só sapatilha...

E ela ficou lá, guardada na coleção, não queria vender pois sabia que ia me arrepender.

Bom, ainda bem que não vendi.

Esses dias saí com maridex pra jantar e fui com minha Lady Dragon, me senti linda, mesmo com aquela gordurinha, eu amava a sandália e naquele dia isso para mim bastava, ela era linda e eu adorava usar ela. E ponto final. Entendi que eu e ela nascemos uma para a outra!

Aí, ganhei de aniver essa Melissa aí de baixo... uma Rock Princess do Pequeno Príncipe...


Vim trabalhar com ela ontem e adorei, super confortável, o salto dela é maravilhoso e ficou linda no meu pé.

E a gordurinha?

Bom, nessa aí, como meu pé é meio gordinho, acabou preenchendo bem a sandália e até parecia que não servia direito no pé, mas servia... a gordurinha ficou muito pouco pra fora mas nada demais, entendem?

Aí deu aquela vontade de comprar duzentas Melissas de salto alto, eu resolvi que ficava linda com elas e me sentia um mulherão com elas, seja com aquela gordurinha ou sem ela.

Sério, quando alguem "encuca" com um defeito é triste, mesmo que ninguém note e eu era assim com meu pé.

E de noite, pensando em comprar mais melissas de salto e olhando uma tirinha sobre felicidade no face, entendi: felicidade é uma questão de escolha....

Pensei comigo: ora, ora, faz poucas semanas atrás que tu tinhas pensando de novo na possibilidade de vender aquela lady dragon... e hoje está pensando no próximo dia que irá usar ela de novo... Belo avanço hein?

Comprei esses dias roupas novas, comprei bijus, e ando usando tudo, me maquiando, me sentindo linda e maravilhosa.

Estou com alguns probleminhas a serem resolvidos, mas como não dependem de mim, deixo que os outros resolvam e vivo enquanto isso.

Resolvi que fico linda de salto alto, que fico linda com sombras coloridas, que fico linda com colares, brincos, esses dias cortei o cabelo e mesmo com uma raiz DESSE tamanho aparecendo (estou deixando ele crescer para mostrar a cor natural e não pintar mais), me sinto linda.

Eu resolvi que estou ótima do jeito que estou. Eu sou tudo de bom nessa vida.

Gente, resolvam ser felizes, resolvam que vocês são as melhores coisas do mundo. Vai por mim, é muito bom!

Bjuuuuus!



Aceite-se do jeito que você é e do jeito que está hoje!


Apareceu a margarida!
Então, cá estamos...
Essa última semana não foi nada fácil!
Primeiro, porque, graças a Deus, meu inferno astral se manifestou apenas duas semanas antes do meu aniver e não um mês antes (é amanha! aceito presentes!). Então, me incomodei e me odiei por pouco tempo kkk.
Segundo, sexta-feira perdi meu avô, pai do meu falecido pai, estava bem velhinho, com quase 87 anos, e como ele tava muito judiado, muito fraco e sofria demais pela perda do filho, de certa forma foi melhor assim, o que conforta é que ele agora foi curado de todas as doenças que tinha e isso de certa forma me deixa aliviada, viver do jeito que vivia aquele velhinho ninguém merece, por isso acho que não senti tanta tristeza em perdê-lo... para mim era terrível ir visitar ele e ver ele mal conseguindo se aguentar sentado. Deus precisou dele, e ele foi. Agora ele está bem.
Terceiro, fui negligente com todos meus livros de emagrecimento essa semana, acho que por estar nesse inferno astral e com ódio de mim mesma acabei jogando tudo pros ares, mas quero tentar tirar os atrasos.
O Pense Magro dará mais trabalho, pois foram dias e dias de atraso, muita coisa eu já tenho como hábito no meu dia-a-dia, então, vou ler e agregar as tarefas que faltarem ao meu dia.
O Emagreça comendo preciso fazer algumas coisinhas que espero que de hoje não passe, preciso gravar alguns exercícios em voz, para escutar antes de dormir e ao acordar, que fazem parte das técnicas de neurolinguistica. E tendo esses exercícios em voz, em qualquer lugar posso escutar e recorrer a eles.
Um deles vou dividir com vocês hoje, pois ele trata de uma atitude que tomei e não sei se já falei aqui, mas resolvi que vou me aceitar do jeito que estou.
Como assim?
Não vou mais deixar as coisas para quando emagrecer, tipo, comprar roupas ou fazer coisas quando emagrecer. Vou fazer tudo hoje, aceitar o corpo que tenho, cuidar dele, comprar roupas novas para ele e se emagrecer, compro outras ou desencavo as roupas que não servem e deixei em outro roupeiro.
Se a gente se aceita do jeito que é, fica mais fácil cuidar da gente, a gente se sente bem consigo mesmo e tudo fica mais fácil, inclusive se cuidar mais, cuidar alimentação, aparência, e etc...
Quando fazemos dieta, normalmente é por conta de aparência, nos odiamos como somos, odiamos as roupas manequim 44, odiamos as roupas largas, odiamos não usar um vestidinho mais justo, enfim... queremos mudar pois odiamos nossa aparência atual.
Aí você não se exercita um dia, não segue seu plano alimentar e qual a primeira coisa que vem no cabeção?
"Eu sou uma gorda idiota que vai emagrecer nunca, vou ser feia pro resto da vida".
É ou não é?
E sabe o que vem depois?
Você come, come, come... se pune por ser tão feia!
E sabe o resultado? Você continua gorda e feia, pois é só isso que consegue ver!
Se ame, se cuide, valorize o que tem, se cuide hoje, não espere amanhã para isso...
Fiquem com o exercício, espero que consigam ver os prints se clicarem em cima (tem que clicar em cima para conseguir ler...).
Bjuuuuuus!
Parte 1 - clica que aumenta
Parte 2 - clica que aumenta