E o natal?



O natal foi gordinho, no sentido literal da palavra, agora aqui tô tomando um chimarrão para dar uma limpada aqui no corpo e expulsar os restos. Mas tava bom viu.

Me dei o direito de fazer um panetone recheado de um creme que fiz com creme de soja e chocolate amargo. Puta que pariu, esse negócio ficou tão bom que acho que não é de deus...

Tem um blog muito, mas muito bom que é o Presunto Vegetariano, peguei várias receitas dele para fazer no natal, incluindo o panetone, tá aqui ó.

Na ceia eu fiz alguns pratos veganos para mim, enquanto a mãe assou o tal do chester, eles não são vegetarianos, fazer o quê? Mas o bom é que nessas ocasiões eu ignoro essas coisas e tento não me ferir tanto.Não vou deixar de me reunir por conta disso, eles dão o braço a torcer muitas vezes e eu acabo dando o meu em certos momentos.

Bom, da ceia, me inspirei no post do mesmo blog, fiz o cuscuz e o rocambole de PTS, fritei uma linguicinha veg e misturei com uma farofa pronta.

Pronto, comi até não querer mais na noite do dia 24.

No dia 25 meu sogro fez churrasco, minha sogra um arroz enfeitado e umas saladas, minha cunhada umas batatinhas no forno de comer de joelhos. Até que não comi muito não, tava de saco cheio de comer. Muita comida, muita coisa.

Essa semana tá o uó da dieta, dos 7 dias, se salvarão dois, eu acho, domingo tava viajando e comi muito, dia 24 ceia, dia 25 tava tudo desregulado, 26 aniversário do maridex, 27 festa de aniversário do dito cujo. O que der para controlar, controlaremos.

O brabo que o peso tá demorando para baixar, mas aí lembro que na ultima consulta com a nutricionista, tinha eliminado muito mais kgs de gordura do que os apresentado na balança, ou seja, balança não é tudo, gente, ela dá uma noção, mas vale nada.

Vixi e academia de férias... tentando ver um jeito de queimar umas calorias... hihi...

Simbora que não tá morto quem peleia!

Um beijo!

Passeio na Tea Shop



Já contei que tem uma loja de chás aqui em Porto Alegre muito legal? Essa é a Tea Shop!

Na busca dos patês do post passado, como estava por perto, passei para tomar um chá gelado e comprar alguns chás. Busquei dois pretos e um que era uma infusão com muitas frutinhas deliciosas!

Na foto, o primeiro e o últimos são os pretos, o de frutas já mostro...



O de frutas é esse aqui do link, muito delicioso e refrescante, ele tá cheio de coisinhas porque não quis usar o coador dentro do bule, se não a ter que colocar muita água para alcançar ele, uma longa história, não alcança o fundo do bule...

Minha história com a loja vai um pouco mais longe, tá nada demais, mas o rapaz que trouxe a franquia para Porto Alegre era meu colega no trampo anterior, não sei escrever o nome dele, aí seria injusto escrever errado viu, mas eu trabalhava na TI e ele no setor de aftermarket. O rapaz é um amor, um poço de simpatia.

Tomar chá é tudo de bom, um ritual delicioso e revigorante, um hábito que sinto muito prazer em ter!

*eu mesma comprei o chá e recomendo de coração, logo, não é um post patrocinado

Pasta de soja Bem me Quer

Admitam... vocês nunca viram esse blog tão, mas tão atualizado né?

Enquanto o panetone vai crescendo e esperando o momento de ir pro forno, bora falar de coisa boa?

Esse post tem trilha tá? Clica e vem comigo, chega mais... chega mais!!!!


Bom, digamos que a grande descoberta da feira vegana (além de descobrir que tem muito vegano por aí e não sou a única) é essa pastinha aí de baixo...


Tinha comprado a de alho poró na feira, achei que pudesse ter gosto de tofu (aí seria mais uma coisa com gosto de tofu).

Que nada, inocente!

É de comer de boca cheia! Nem acreditei que pudesse ser tão bom!

Tem uma consistência bem firme, não escorre do pão (a não ser que coloque tomate dentro do sanduba, que aí vai escorrer o molho do tomate e aí já viu a lambuzeira....).

E o melhor: poucas calorias!




Comprei de vários sabores, foi uma peregrinação para encontrar, fui em várias lojas diferentes (não queria pedir tele-entrega, porque onde trabalho é ruim receber essas coisas... e em casa é 38 reais a entrega!).

Já sei onde tem e quando acabar vou lá buscar!

Já provaram?

Beijão!

*eu mesma comprei as pastinhas e experimentei porque quis, logo, não é um post patrocinado

Nutricionista




Já contei que tô indo numa nutricionista que atende muuuuuito bem veganos?

Bom, dia 6/12 foi minha terceira consulta e totalizamos 3,8kgs de gordura eliminados/trocados por massa magra (falhou memória, mas acho que era isso....).

Feliz demais com os resultados!

Uma coisa muito boa de estar frequentando uma nutricionista é que, como ela ajeitou minha alimentação, tem alguns aspectos da minha saúde que estão melhorando.

Por exemplo, aquela tendinite no calcanhar que me dói quando ando muito de sapato baixinho ou o tempo fica pra chuva? Quase não sinto mais... Não sei se é coincidência, mas isso foi muito bom.

Não apenas emagrecimento, mas estou buscando me alimentar melhor, cuidar dos meus nutrientes, enfim.

Academia estou estudando começar a fazer mais um dia na semana, na sexta. Tô vendo meu corpo mudar para melhor e acho que preciso aproveitar essa empolgação.

E outra: tá me fazendo tão bem, por que não aproveitar e inserir mais um dia?

Sobre o corpo, comprei um vestido estilo pin-up maravilhoso domingo, achei sem querer, e junto havia algumas saias coisa mais linda, mas aí pensei em emagrecer um pouquinho mais para comprar uma.

Falei isso pra maridex e ele: o que que tem? que se danem os outros, usa a tua saia e seja feliz!

Ok, esperando sobrar dinheiro para comprar uma saia cuti cuti daquelas de bolinhas, corações...

Tô me achando a mulher mais linda das galaxias, independente do meu peso, do que falta eliminar, qualquer coisa.

Tô de boa comigo mesma, isso é fato!

Feira vegana de natal em Porto Alegre + conheci a Ellen do blog Desobediencia Vegana



Sou o verdadeiro bicho do mato. Legítimo.

Já melhorei muito nesse meu lance com a timidez, mas continuo tímida. É um traço da minha personalidade, nada vai mudar isso (talvez melhorar, mas eliminar, não), e nem quero que mude muito não, viu. Por conta da minha timidez eu acabo não falando demais das minhas coisas e da minha vida e acabo me preservando um pouco, acabo não me mostrando demais pro mundo. Gosto do mistério em torno das pessoas, não preciso saber tudo sobre elas, e não gosto que saibam tudo de mim. Enfim.

Onde quero chegar com tudo isso?

Fui na feira vegana de natal em Porto Alegre. Cheguei, conhecia ninguém, não sei se isso explica mas fui me sentindo meio que no livro Fernão Capelo Gaivota (quem não leu, leia pelo amor de deus). Chegar na sua tribo e quase não acreditar que sim, tem gente que pensa como você.

Todo mundo ali era do meu mundo, poderia comer tudo que tinha lá livremente sem precisar perguntar a respeito dos ingredientes, porque eu estava no meu mundo, mas foi tipo passar um tempão presa numa gaiola onde eu poderia sair para dar uma volta no quarto e do nada sair pra liberdade, pra rua. Loucura, eu sei, mas como tenho poucos amigos veganos (acho que apenas uns 3), foi uma coisa bem doida, uma experiencia única, eu diria. Pelo menos para mim, foi uma experiencia "forte".

Porque estava acostumada a falar com veganos em grupos, fóruns, ser amiga de facebook e nunca ter visto pessoalmente... Estava acostumada a ser a "diferente" entre os amigos, me sentia muito ET, agora não me sinto tão ET assim...

Fui com o pensamento fixo de comprar algumas coisinhas pro Natal, conhecer algumas pastinhas deliciosas veganas e me enturmar no meio né? Mas a parte do se enturmar foi dificil, talvez na proxima sim eu consiga!

Cheguei lá, nossa me senti timida demais, peguei minhas coisinhas e fui embora. Mas nesse sentido aproveitei!

Quer dizer, antes de ir embora conheci uma blogueira querida, A Ellen do http://desobedienciavegana.blogspot.com.br/! Vi ela com as orelhinhas e tive que dar um abraço nela, sou fã dela! Não poderia deixar passar a oportunidade de conhecer a pessoa que, com seu blog, me faz pensar bastante, me leva a refletir sobre muita coisa.

Por conta da timidez, não consegui conversar tudo que podia com ela. Ahhh maldito travamento! Mas foi supimpa, sai de lá feliz feliz!

Sim, essa mulher existe de verdade! hehehehe...

Aos poucos quero tentar mostrar o que comprei na feirinha, algumas porcarias (gordinha é foda) e outras coisinhas saudáveis e gostosas.

Tenho muita coisa para contar, aos poucos vou contando hehehe.

Beijão!!!!

O calor chegou

Tirei os vestidos do armário onde eu guardo as roupas das estações contrárias (durante inverno guardo as roupas de verão e no verão guardo as de inverno). Ainda não tive coragem de colocar um vestido, ainda acho que tá faltando eliminar uns quilinhos para merecer.

Eu sei, bobagem, mas fazer o que?

Para não dizer que ando com vergonha além do normal, me despi dos preconceitos e comprei corsários coloridas e estampadas. Parece até que fiquei mais magra (ou estou mesmo mais magra, enfim). Achei que ia ficar com uma bunda muito, mas muito descomunal, mas até que ficou normal...

E me sinto diva indo pra academia com elas!

Não lembro se contei, mas comecei a ir numa nutri e com ela eliminei quase dois quilos e meio.

Já fui na segunda consulta com ela e agora em dezembro tenho mais uma consulta, só que esse mês passei duas semanas com o peso travado, veio TPM, veio festa e cai da carroça. mas não engordei, só travei o peso.

Talvez seja porque ela aumentou a quantidade de algumas coisas, talvez porque fui malandra e "aumentei" a colherada das coisas, talvez porque me empolguei nas receitas de patês que ela me passou e comi que nem condenada... acho que de tudo um pouco.

Aí, hoje, resolvi me controlar na quantidade das coisas e fazer direitinho, já que tá tudo tranquilo essa semana.

Veremos, quero trocar de casa duma vez!

Academia vai que é um doce, isso não posso negar!

Tenho umas babylooks que faz tempinho que tenho, mas não consegui mais usar, porque engordei né? Aí fico naquelas de não jogar fora e elas ficam lá, já tem dois verões que elas esperam pela oportunidade de serem usadas!

A vida vai indo, até tenho umas coisas para escrever e tal, mas hoje só queria dizer que tô viva! kkkk

Assim, sem nada para fazer...

Desconsidere o chocotino lá no fundo, é do maridex...

Resolvi passar por aqui.

Tenho me ocupado com outras coisas, trabalho, minhas novas coleções (vocês sabem, sou meio acumuladora e adoro juntar tralha). E tenho dedicado tempo a outras coisas que acabaram tomando prioridade.

No trabalho não tenho conseguido tempo no almoço para escrever qualquer coisa e em casa de segunda a quarta tenho minha academia (bombaaaando) e quinta e sexta acabo ou dando atenção pro maridex ou para a mãe. E final de semana é o período que faço tudo que não ando conseguindo fazer durante a semana.

A vida tá corrida mas estou feliz, isso é sinal que nada está sendo em vão, não estou morrendo numa cama, não estou presa dentro de casa vendo a vida passar na frente da tv... Tudo tem seu lado bom.

Fui numa nutricionista esses dias, amor à primeira vista,m atende veganos e atende muuuuuito bem, não enche a gente de suplementos, ela preencheu minha alimentação só com comida de verdade, e não passo fome, exceto naqueles dias que não consigo comer o feijão/lentilha/grão de bico meio dia e acabo ficando vesga de fome no restante do dia, mas são casos isolados...

Consegui ver a casa dos 71kgs, fazia muito tempo que não via, não sei se cheguei a ver ela este anos desde que resolvi tomar vergonha na cara (lá nos 77kgs). hoje vi que voltei para a casa dos 72, mas quer saber? Isso deve ser tpm, uma coisa mais salgada, qualquer coisa... Nem me estresso com isso. Já vi várias vezes meu peso trancando e do nada emagreço um quilo e meio hahahahaha...

Ando viciadinha nesse site: http://www.iherb.com/

Andei comprando algumas coisinhas que achei que valeram a pena, para mim pelo menos... A cada produto, deixei o link direto pro site do Iherb, caso alguém se interesse em comprar ou dar um espiadinha...


Esse é a tal calda de agave. Aqui, aproximadamente 300 gramas custam 25 reais, esse pote tem o dobro do tamanho e custou 18 reais. E esse é mais gostoso do que aquele que encontro aqui e que é mais escurinho.


Esse chá aí em cima é uma delicia! É um chá preto, tem o nome de Ceylon por conta do local que é produzido, no Sri Lanka, e pelo que entendi até um tempo atrás eles tinha exclusividade no nome, tipo o lance do nome champagne, sacou? Mais sobre o chá aqui no link.


Essa é uma calda zero calorias... Sim, zero calorias. Sim, é feita a base de químicos, sim eu estava evitando essas coisas... Mas como tem sido meio foda aguentar a fissura por doces e porcarias, resolvi experimentar essas caldas e outros produtos da linha. Não é igual a uma calda de chocolate da sorveteria, mas se aprender a dosar bem ela por cima das coisas, fica bom, não pode colocar demais que fica com gosto de tampa, sabe?


Temperos delicia para temperar tudo sem usar sal! Sabe aquele mix de temperos que realmente dá sabor nas coisas e tem que usar pouco se não a gente solta fogo pelas ventas? É esse, meus caros. Ainda não achei nada tão "explosivo" no Brasil, tempera e dá gosto nas coisas como ninguém jamais conseguiu! Aqui custa 17 reais nas lojas online, lá fora me custou em torno de 9 reais.


Acima, a coisa que mais valeu a pena comprar. É uma manteiga de amendoim, mas que é em pó, a cada duas colheres de sopa, misture uma de água e faça uma pastinha docinha e gostosa para passar em qualquer coisa. Esse pote de 200grs me custou no iherb uns 13 reais... E uma loja online de suplementos no Brasil achei por 60 reais (valor já com desconto)... Mas sabe o mais legal dela? Ela tem apenas um grama de gordura por porção e por conta disso bem menos calorias, ele tem 45 calorias por porção quando as pastas de amendoim normal possuem tranquilamente 100 calorias. É uma delicia, vai por mim.


Acima, é uma levedura nutricional, tipo essas de cerveja que temos por aqui que deixa tudo lembrando sabor de queijo. Essa tem um gosto e um cheiro mais acentuado, não usei muito ela ainda para dizer o que acho, mas se surgir alguma receita com ela, posto aqui, pode ser?

Não tem muito mistério comprar lá, só precisa de um cartão internacional. Aqui e aqui tem boas dicas sobre como comprar pela primeira vez.

Tá bom, tirei a poeira desse trem. Curtiram?

Bjão!!!!

Energia positiva

Cheguei.

O peso tá estranho, alimentação acho que tá meio torta, tô indo buscar ajuda.

Academia vai que é um doce! Preciso voltar a correr. Mas esse tempo murrinha de chove e não chove ajuda em nadinha!

Mas tô tentando, esses dias até corri, juro!

Estou tentando abstrair mais as coisas negativas da vida, pensar positivo, pois com "as energias" sou uma pessoa meio fraca, sabe.

Achei uma nutri que atende veganos na minha cidade. Quase chorei de emoção. E atende sábado também. Haja coração!!!!

Esses dias subi um morro correndo, uma história longa e engraçada (maridex folgará eternamente), onde tive perna de sobra pra subir, mas que faltou fôlego. Maldito fôlego.

Era isso, lá vamos nós.

Bjuuuuuu

Estou viva, juro

A vida tá corrida, mas continuo trabalhando o corpinho, hoje tenho avaliação na academia e quero ver o que tirei de gordura desse corpo, pois alguns quilinhos já se foram.

Andei meio travada na balança, mas resolvi comer feito louca (pois o peso não ia nem pra cima e nem pra baixo) e ela resolveu se mexer: emagreci 800grs.  Pronto, voltamos ao normal :P

E a promessa eterna de voltar a correr continua, gente. Hoje pego maridex de jeito e vamos dar uma corridinha básica.

E chegou primavera, estação favorita. Agora sim!

Volto logo, bjão!

Depois do chá...


E depois do "Not-Dog" de "salsicha" de cenoura, eis que retorno ao canto!

Desde que comecei a levar essa coisa a sério, já se foram quase 5 quilos eliminados. Legal né? E sem grandes sacrifícios ou pirações.

Ah sim, o not dog eu fiz assim: cozinhei cenoura até ficar bem molinha, fritei cebola, alho, temperei bem elas (depois de escorrer a água, né) e toquei molho de tomate nelas. Ficou divino.

A vida tem me reservado boas surpresas (e umas que dá vontade de se enfiar num buraco), mas a vida segue.

Tinha tanta coisa a dizer, mas o soninho tá pegando.

Inté mais!

O julgamento dos outros e nosso próprio julgamento



A maioria das pessoas que vem até este blog tem ou já teve problema com peso e auto estima. Então, acredito que será bem fácil para alguém se identificar e espero que todos consigam refletir e tirar alguma coisa daqui.

Eu, pessoalmente, tenho meus picos de auto estima lá no alto e muito baixa, tem épocas que tô cagando e andando para opiniões e outras épocas que só falta me enfiar num buraco.

Ultimamente tenho tido um grave problema para comer na frente dos outros. E trabalho numa sala com cerca de 70 pessoas, isso chutando baixo. E a maioria é homem.

E esses dias uma pessoa reparou que antes de ir para casa eu peguei a caneca e misturei o pó (do shake) todo na água e ficou observando. pronto, já fiquei ressabiada.

O Problema de ser vegana é que todo mundo fica reparando em tudo, desde aquilo que você come até o que usa. Acho natural a curiosidade, mas porra... Que saco.

Tô fazendo academia, e por conta disso e outras coisas, estou tomando proteína isolada de soja com cacau (um outro motivo seria o fato de nem sempre ter feijão magro nos restaurantes e acabo não comendo feijão e passando mais fome que o normal). Não consigo fazer o shake padrão (pegar aqueles potinhos que esqueci o nome e preparar um shake), mas tenho conseguido colocar água numa caneca e misturar tudo até virar o creme que curto tomar.

Por esses dias eu tenho me sentido meio lixo, sei lá, tenho achado mais defeitos em mim do que qualidades.

Tenho a impressão às vezes de estar desfilando na "passarela do dedo apontado", onde passo todos olham e julgam. Mas acho que isso tem a ver com o fracasso na dieta nos últimos tempos, aí sinto que não sou capaz, que estou destinada a morrer assim (sente o drama...).

Tá todo mundo de olho no que os outros fazem ou pensam da gente, e esquecem de viver a vida como tem que ser, ou seja, preocupados em sermos felizes.

Ok, tenho coisas me incomodando? Vou ter tentar achar um jeito de aceitar ou tento arrumar, se der para arrumar.

Lembrei esses dias do livro da Lya Luft, "Perdas e ganhos" que li quando estava na segunda série do ensino médio. Uma vontade doida de ler (fica a dica de presente pra Tia Sammy).

Preciso retomar a leitura dos meus livros, acho que parte de tudo isso é meu distanciamente daquilo que amo: ler.

Voltaremos!

Voltaremos?



Tomei um suco verde de jarra para criar coragem e vir aqui!

Esse blog está uma vergonha de abandonado, mas o tempo tem sido bem curto, então... Me perdoem!

Tô trabalhando feito doida, isso ajudou a deixar o blog e a dieta de lado.

Falando em dieta...

Estou numa luta para me adaptar a comer fora, almoçar em restaurante, tem sido meio dificil, pois é muita variedade de comida e coisa e tal.

O problema é quando vou num lugar que metem o porco inteiro no feijão... Aí sobra arroz e alface para comer :S

Em casa, à noite, por conta de um almoço ruim acabo comendo demais ou sem planejamento e isso tem ajudado nada, mas estou tentando manter coisas menos calóricas em casa para não passar tanto das calorias.

Mas estou tentando não ficar neurótica e nem nada disso, de novo. Pois ficar doidinha nunca me ajudou. Preciso aprender a conciliar escapulidas da dieta com a dieta em si, e não tem sido fácil, meu bem.

Bom, por hora fico por aqui, não sei se foi culpa do suco verde, mas eu tinha tanta coisa para falar e escapuliu kkkk... Volto quando a inspiração voltar!

Beijão!

Motivar a motivação

O quadrinho veio daqui http://adivinhadindi.tumblr.com/

Boa noite!

Cá estou toda serelepe depois de tomar suquinho verde feito pela mammys poderosa.

Hoje a pauta do grupo Lightchê no uatiszapi era: motivação vem de dentro e quem quer arruma um jeito? Sim? Não? Me passa uma com fritas?

Acho que depois de taaanto tempo fazendo dietas e escrevendo aqui, tem certas coisas que vou reparando:
-> Sim, às vezes a implicância com algo é a desculpa para fazer nada
-> Não, aquilo ali não ajuda mesmo se não for do jeito que bate com meu santo.

Emagrecer é uma batalha solitária, sofrida e difícil. Ninguém disse que seria fácil, mas todo mundo sabe que é difícil.

Não tem como alguém emagrecer a gente, ou algo emagrecer, é uma batalha frente a frente com a comida e como somos responsáveis e "culpados" por tudo que é colocado na nossa boca, então... Depende da gente sim.

Motivação vem aqui de dentro, inspiração pode vir de fora e pode ajudar a aflorar a motivação, pois a inspiração motiva, certo? :S

Bom,  devemos nos perguntar: por que queremos emagrecer? Só por querer não é resposta. Tudo na vida é movido por algum combustível, seja fisicamente falando ou emocionalmente.

Para tudo na vida, precisamos de uma ancora que nos prende no nosso objetivo. Saímos cedo pro trabalho porque gostamos do que fazemos, porque temos contas a pagar... alguma coisa te motiva a isso.

Por que emagrecer? Hein?

Faça essa pergunta a si mesma, o que te motivaria a isso? Pense nisso.

A ajuda das pessoas ao nosso redor, sejam amigos ou profissionais, são pra lá de importantes sim. Mas como sempre, apenas contar com o apoio dos outros não funciona.

Encontrei uma amiga que emagreceu uns 40 quilos, fiz questão de ver ela para me inspirar e acho que a motivação tá vindo. A gente conversou sobre como a gente se enxerga quando está gordinha. Ela não se enxergava gorda e eu estou acima do peso e não conseguia me ver gorda, me achava até magra, até que comprei um espelho novo pro quarto e vi como estava grande. Pronto, aí foi uma reação em cadeia, lembrei das calças que não servem, vi o braço gordinho e lembrei dos meus 64 kgs onde estava linda e me sentia bem.

Pronto, achei a motivação.

Agora, lá vamos nós, né?

Bjão!

IHerb

Rapidex porque tô na esteira na cadimia!

Comprei na gringa esses produtinhos! Agave, que adoça tudo, um tempero e uma pastinha de chocolate zero caloria.

E o melhor: é tuuudo vegano!

Quando provar as riquezas mostrarei tudo pra vcs!

Enquanto isso, vai lá no iherb e espia!

Bjus bjus

-----------------------------------
Sammy foi atropelada por um caminhão na academia, se alguém anotou a placa, avise. Grato!

Notícias

Ando me cuidando um pouco mais por esses tempos.

Agora estou dando um jeito de redecorar o quarto e deixar ele menos bagunçado e mais fácil de limpar.

Minha penteadeira está com sua decoração quase pronta.

Sobre dietas e afins, até que estou no caminho, segunda semana me alimentando melhor e a terceira semana de dieta se inicia hoje.

Eliminei no total 3kgs nesse tempo, muita coisa era inchaço inicial e tal, mas sei que meio quilinho consigo toda semana.

Estou variando as proteínas, fazendo trocas inteligentes. O que me deixa mais feliz é saber que tô conseguindo emagrecer bem mesmo comendo um docinho todo dia, acho que isso me impede de pirar.

Esse findi inchei um quilo, sei que foi por conta de uma série de fatores (inchaço, principalmente, e falta de água), mas igual eu fico quase pirada, mas me acalmo. Tive um ataque de pelanca no domingo e comi uns troços a mais, acho que foi isso.

Mas salve-salve nosso chimarrão de todo dia que desincha e elimina as porcarias do corpo! :)

A correria anda grande, muita coisa acontecendo e pouco tempo (ou pouca organização) para fazer tudo que tem que ser feito, mas vamos indo...

Preciso de tempo para visitar os blogs amigos, farei um esforço essa semana, se o frio deixar, claro.

Bju Bju

Olho gordo

Não sei quem colocou olho gordo em mim (até sei, mas deixa para lá), aconteceram algumas coisinhas beeeem chatinhas nos últimos dias que só pode ser isso, já percebi que tinha olho obeso mórbido em mim, mas não sabia que poderia dar essa reviravolta na minha vida.

Sabe quando tu percebe um olhar de "injustiça" dos outros? Tipo aqueles que dizem "não sei se tu merece isso, quem merece sou eu", "garanto que gasta o salário todo pagando isso", "nem combina com ela isso aí". Ou então aproveita a situação para se fazer de vitima e se justificar sobre o porquê de não ter um igual e se fazer de superior por não ter aquilo.

Nunca tive as coisas para me exibir, tenho porque gosto, posso pagar e porque trabalhei para isso. Sou feliz com o que tenho e tenho fé nos meus sonhos. Sonhos que quase foram destruídos esses dias, pois talvez um detalhe pudesse fazer toda diferença (para pior).

Não sinto inveja das pessoas, eu admiro elas, me espelho e pego de exemplo para algo que desejo da minha vida "um dia quero ir lá também, eu também quero fazer isso". Mas sempre desejo que todo mundo tenha aquilo que deseja e que eu cresça junto.

O destino me podou algumas coisas, maaaas... Me deu oportunidade de pensar em outras.

Sabe aquele desejo que você pensa em realizar, mas deixa para lá? Agora levei a sério e quero concretizar.

Esse olho gordo me tirou uma coisa, mas me deu oportunidade de pegar algo melhor (rá seu malandro) e me mostrou que deveria levar a sério meus desejos e ir atrás para realiza-los.

E cá estou, sacudindo a poeira e indo atrás deles.

Tudo na vida acontecesse para dar a oportunidade de fazer diferente e melhor, ou então para aprendermos a valorizar aquilo que temos.

Estou cuidando de mim, armando o plano para realizar aquilo que quero pronto daqui 2 ou 3 anos, vou retomar o cursinho de inglês, retomar as corridas (outra vez flores?!) e seja o que Deus quiser!

Bora fazer algo pela vida!

A tal estima

Essa semana, por acaso, li muito textos sobre auto estima e coisas afins, dois links para que vocês leiam:

http://transformacaodelualis.blogspot.com/2014/06/carta-uma-uma-mae.html

http://desobedienciavegana.blogspot.com.br/2014/06/alta-e-baixa-estima.html

Tenho meus ataques de pelanca, aquela coisa toda (vocês me conhecem e sabem, né?).

Às vezes um ataque de baixa auto estima nos pega, principalmente a gente que é mulher e é cobrada por todos os lados, a gente chega naquele limite de quase entregar os pontos.

No meu caso, nas vezes que invento de comer o mundo, esses ataques tem muito a ver com baixa auto estima. Por mais que me aceite do jeito que estou, como estou nesse processo de entender que uma casca/um corpo não pode me definir como pessoa e nem nortear minha felicidade, às vezes caio nessas.

Aí me sinto mal, me sinto injustiçada, enfim.

Mas aí me ergo, faço de conta que nada aconteceu e lá vamos nós de novo!

Complicado lidar com isso tudo, ainda estou engatinhando nisso, não tenho mais como foco da vida emagrecer, pois esse foco estava me destruindo e não estava vendo isso. O sofrimento por ver um quilo a mais na balança me destruia, ver que tinha emagrecido só 100grs era matador, a busca por um número é... digamos assim, uma baita perda de tempo.

Me olho no espelho e vejo uma pessoa bonita, pra que me matar tentando mudar isso?

Resolvi focar no cuidado com meu interior.

Estou tentando comer mais saladas, mais frutas, pois sabe como é, quem ama cuida, e eu me amo e quero me cuidar. Se emagrecer nesse meio tempo, que bom será, meus joelhos vão agradecer, mas não vou sofrer com isso. Não terei pressa.

Como esses dias falei por aqui, estou cuidando mais da pele, usando os tais produtinhos que gosto, não estou mais gastando os tubos comprando tudo e usando nada, estou tentando equilibrar as coisas.

Não quero esperar para ser feliz quando estiver com o "corpo dos sonhos", tem muita vida enquanto isso. Me sinto feliz do jeito que estou, sim. Preciso apenas melhorar alguns aspectos.

Na ultima ida à praia fui para a beira da praia de biquini mesmo, tava pesadinha sim, mas tava nem aí. E para chamar mais a atenção, usei óculos de coração vermelho! As pessoas olhavam, e maridex dizia: oh, tão tudo te olhando! Acho que é pro teu óculos de coração! Não citou peso, nada. Para ele, qualquer forma tá ótimo, me ama de qualquer jeito.

Não sei se isso ajuda ou não, mas me deixa feliz sim.

Organizando a vida




Não reparem o monte de tralha ali em cima, mas estava beeeem pior, aliás, agora está limpinho, pelo menos. Antes, tinha plumas de sujeira por tudo.

Tem coisa vegana aí e tem coisa que não é, coisa que comprei ou ganhei antes disso e que ainda está na validade, não tem porque jogar fora.

Senti mais necessidade de me cuidar essa semana, em todos os sentidos, por dentro e por fora. Cuidar da alimentação, cuidar da pele externamente também... Por que não?

Teve um tempinho que fiquei sem essas frescurinhas, mas sei lá, tava meio perdida.

Comprei muita coisa que depois não usei e venceu.

Hoje arrumei dois cantinhos de "beleza": No banheiro e no quarto. No quarto, não terei desculpa para dar uma ajeitada no rosto, pois tenho tudo ali: lenço umedecido (que está dentro do mini gaveteiro), algodão e o tônico para limpar o rosto e um creme contra espinhas. No banheiro, só não tenho os lencinhos porque não precisa mesmo, lavo o rosto no banho e quando a preguiça deixar, lavo com água de noite. Escovar os dentes é fácil, mas lavar o rosto... hehehe

Estou tentando ter apenas o que preciso, quero comprar alguns produtinhos importados, mas preciso ver se pego o costume de usar tudo isso para aí sim valer a pena. Me sinto bem usando, entende? Minha pele já esteve melhor quando usava tudo certinho, agora relaxei demais, tá errado gente!

Ok, relaxei na alimentação, mas de repente cuidar um pouco de mim externamente irá ajudar na alimentação também!

Vocês tem alguma dica para motivar essa coisa toda de cuidados? Uma dica eu catei (essa de deixar em pontos estratégicos os produtos que vc usa). Mais alguma dica?

Em breve com posts que prestam hahahaha...

Bjuuus!

A vida é uma só


Sabe o filme da Alice? Sempre senti certa inveja, inveja mesmo, daquela cerimonia do chá, sério. Aquela mesa cheia de coisas, um bule, xícaras... Claro, a coisa toda uma bagunça, mas quem se importa?

Sempre curti canecas, talvez nem tanto xícaras, talvez porque não fosse algo assim tão ao meu alcance, sei lá... Mas me encantei com uma doceira de dois andares que vi num blog e decidi que, assim que possivel e surgisse oportunidade, compraria uma para mim.

Aí, dia dos namorados chegou, aniversário de casamento/namoro junto (fazemos 10 anos em 12 de junho) e como havia comentado que queria aquela doceira, maridex sugeriu: quer de presente?

Não sou boba em dizer não hehehehe....


Ganhei não apenas a doceira de dois andares como também ganhei o bule para chá e três xícaras com os pratinhos de sobremesa.

Eu gosto de ganhar coisas de cozinha, gosto mesmo, essas coisas diferentes, ou então divertidas, adoro mesmo.

Há quem não goste e repudie esse tipo de presente (tem mãe que mandaria enfiar no fiofó se viesse com uma batedeira de presente de aniversário ou dia das mães). E respeito o direito de não gostar, sabe? Afinal, cada um sabe o que gosta ou não.

Aí servi um café reforçado pro maridex e pra mãe, ficou uma mesa linda demais! Mas pensei, claro, que poderia ter feito isso antes mesmo do conjunto.

Mas acho que entendo a questão: faz tempinho que não ando lá muito inspirada em servir, cozinhar, essas coisas, sabe? Sinto vontade de mexer numa caixa que tenho cheia de utensílios que eu tinha no meu apartamento.

Talvez faça isso hoje. Talvez vocês vejam mais receitinhas por aqui.

Inspiração veio com tudo.

Frase da semana

Frase dita esses dia no Whatts das Lightchês:

"Tenho vontade de dar uma voadeira em algumas pessoas, é uma pena não estar no jardim de infância..."

Coisas que só as gurias lightchês proporcionam! hahahaha

De cara limpa


Não é a primeira, nem será a última vez que vou ouvir falarem algo contra minha vontade de não me maquiar todo dia, ou da minha vontade de andar de camisa de flanela xadrez e all star. "Nossa, moça, achei que você era moça".

Já vi mulher com medo de mim, entrar no banheiro e ouvir um burburinho, um "oh a esquisita". Esquisita é essa gente sem graça.

Tenho meus dias de salto alto, ontem foi um deles, usei faceira, oras. Mas hoje voltei pro all star de guerra, eu fui trabalhar do jeito que gosto, no conforto. Se é permitido, tô dentro, a melhor coisa que fiz foi sair das consultorias, ter que ficar de roupa social todo dia é uó. Nos dois empregos fora, sempre pude ir à vontade.

Nunca fui de frescuras, digamos assim. Enquanto as amiguinhas cresciam e deixavam crescer sua vaidade, eu ia optando mais por uma roupa confortável. E me sentia bem pra caramba.

Tenho dias que quero vir com aquela roupinha hiper feminina, floreada, coisa e tal. Mas é algo que depende do estado de espírito, não é uma obrigação que fico impondo a mim mesma. Minha roupa reflete o meu estado mesmo, se estiver mais para baixo, eu vou sair toda bagunçada, por exemplo.

Imagine se invento de ficar com aquele cabelinho curtinho que eu tinha... hahaha.

Já trabalhei num lugar onde era obrigada a ir com roupa social e sapato com um salto.

Legal que maridex adorava meu cabelo curto e vermelho, enchia a boca orgulhoso para dizer: Oh, o povo tá te olhando, te reparando!!!!

Mas não dou bola pro que dizem, sinceramente. As pessoas falam/tiram onda por puro recalque, gostariam de usar aquilo que quisessem, que é diferente do que usam. Mas falta coragem.

Agora tem esse movimento, onde gente famosa aparece sem photoshop e sem maquiagem nas revistas e tal. Acho muito bom isso tudo. Ainda mais em tempos onde todo mundo admira essas saradas photoshopadas nas revistas e etc.

As mulheres são massacradas, eu acho, pois precisam manter o cabelo lindo, andar maquiada, arrumada, depilada, unhas bem cuidadas e pintadas, cheias de penduricalhos, tem que ser magra, tem que estar linda... Isso tudo combinado com uma jornada de trabalho de no mínimo 8 horas, uma casa para cuidar, se tiver filhos terá que cuidar deles...

Talvez eu seja feminista mesmo... Talvez.

Só acho que as pessoas devem ser o que realmente são, sem tentar mudar isso à força, forçar um "tipo", seja homem ou mulher. Se a mulher usa roupas largas, ela tem um bom motivo para isso, ou motivo nenhum, oras. Precisa de motivo?

Mas as pessoas tem um preconceito tão besta, e o que me deixa besta é que em tempos modernos ainda existam certos receios, medos e discriminações.

Somos mais que um simples par de olhos maquiados, ou um simples par de salto alto.

Li uma frase que resume tudo isso, eu acho: somos todxs deliciosamente imperfeitos e diferentes.


Baixando a bola


Eis que retomo esse tal de blog...



Vim ensaiando, como sabem, a volta desse canto. Sentia a necessidade de escrever, compartilhar qualquer ideia, me fazia tão bem dividir bobagens com vocês...

Ando pensando em diversos textos e idéias para dividir, refletir, mas a preguiça acaba me cortando.

Acho que estou virando gente grande, digamos. No auge dos 26 anos, estou amadurecendo mais uma vez, acredito que uma nova fase se inicia, um capítulo se inicia.

O blog quer acompanhar isso, eu sei que ele quer.

Já pensei em deletar ele, por timidez, vergonha ou sei lá o que, mas achei judiaria.

Tem coisa que não quero mais ter nele, tem post que penso seriamente em excluir. Acho que vou fazer isso, para fazer sentido com essa minha fase, qualquer coisa, eu tenho um backup do blog hehehehe...

Ah, sobre chás: esses dois estou tomando nos últimos dias, entre outros que ando experimentando. O primeiro da foto é um chá misto de laranja, hibisco, chicória, rosa silvestre, amora, camomila, espinheiro com canela, cravo e coentro sabor tangerina. O segundo, é misto de Ginseng, Hortelã, Camomila, Capim-limão, Erva de Gato, Tilia, Lupulo, Canela, Gengibre e Alcaçuz. Neste momento tomo o segundo, se deveria tomar a essa hora da noite, eu não sei, mas foda-se hahahaha....

Na realidades eles são infusões, pelo que entendi, chá de verdade é aquele que tem aquela ervinha do chá verde e sempre esqueço o nome.

Delícia tomar chá, me sinto lady, me sinto mulher super bem resolvida, loucura né? kkkk

Aos poucos retomo a bagaça, me aguardem!

Bjuuuuuu

Dahl de Grão-de-Bico




No post de hoje vou dividir duas coisas com você: uma receita e uma nova postura.

Vamos primeiro a parte boa, que explica a segunda, fiz esses dias uma "sopinha" de grão de bico muuuito boa, fui num restaurante indiano esses tempos e comi como entrada essa sopinha. Procurei do jeito que deu por uma receita parecido e até que achei uma que tivesse jeito de gostosa e que fosse fácil:

Dahl de Grão-de-Bico

Se clicarem no link, vão dar de cara com a receita! :)

Na foto, a tal sopinha está na cambuca, a diferença é que triturei parte dos grãos no liquidificador e coloquei um pouco de aveia, umas duas colheres de sopa para engrossar a mistura, pois queria uma coisa cremosinha.

Neste mesmo link, tem mais um que ensina a fazer o tal garam massala que é um tempero indiano que deixa tudo com cara de indiano hehehe.

Bom, uma coisa que agora vou fazer no blog é bloquear o copiar/colar nele... Sim, pois o blog é grande, muito acessado, dá trabalho postar e manter ele, e quando copiamos e colamos um conteúdo de um blog alheio, quando o google for lá indexar todos os conteúdos da web, vai ver dois textos iguais, vai ver que o seu é mais recente e vai te deixar como "primeira opção", e vai desconsiderar o verdadeiro criador de conteúdo. Injusto né? Não sei dizer se é exatamente assim que acontece, mas é por aí. Essa moçã explica melhor que eu: http://www.elainegaspareto.com/2013/05/aprenda-bloquear-o-blog-contra-copias.html

Não quero prejudicar ninguém e não quero que prejudiquem meu blog. O que mais quero é respeitar o conteúdo alheio e que respeitem o meu... Depois que descobri isso que descrevi para vocês, tomei essa decisão, coisa chata replicar conteúdo, né? E tem gente que nem dá os créditos!

Já fiz muito disso e não faço mais, tentando usar mais imagens minhas do que a dos outros.

Não, as imagens do google images tem  dono sim, não são domínio público não... Um belo dia podes tomar um processo por se apoderar do conteúdo, já vi acontecer na blogosfera...

Não, ninguém me processou, mas só acho que respeito é bom.


Espero que curtam a receitinha! Façam e me digam como ficou!

Bjuuuus!



Sorvete vegano para refrescar



E aí você é surpreendido por aquele mercadinho meia boca e pequenino... Aquele sorvete que tanto procurei, justo pertinho de casa achei... Por que não procurei por lá antes, meu Deus?!?!

Lá tinha o de morango e um de maracujá, mas como a gordinha não queria chutar tanto assim o pau da barraca (só empurrar ela um pouquinho) comprei o de morango.

Esse Soy Cream é da Trivialy que fez o sorvete pensando nos intolerantes a lactose, mas que os veganos aproveitaram e caíram de boa, literalmente.

Ele tem uma calda de morango misturada no sorvete, ela tem um gostinho de bala, sabe? Eu gostei do gostinho de bala, há que não vá gostar, mas vai de cada um.



O sorvete é bem cremoso, nada aguado não... Estou doida para provar o de maracujá e o de chocolate!

Bjuus!

Torta de bolacha com sabor de infância



Preciso agradecer a Vivi do blog Emagrecimento Vegano que me passou essa receita, hoje é uma das minhas favoritas!

É muito simples, fácil, não é light mas quem disse que só de alface se vive? :P

Ingredientes
Uma lata de creme de leite de soja (usei uma caixinha)
6 col sopa de açúcar
3 col sopa de Nescau
+ ou - 100grs de creme vegetal
Bolacha Maria o quanto baste (uso da marca Marilan que não contem leite ou ovos na receita!)
Leite de soja para umedecer as bolachas

Preparo:
Misture a margarina com o açúcar, e depois misture o creme de leite e o nescau. Eu dei uma batida na batedeira para a margarina se misturar bem.
Num refratário (ou onde quiser colocar a torta), faça camadas de creme / bolacha / creme / bolacha até não ter mais espaço no pote ou até os ingredientes acabarem :)

Simples e deliciosa!

Maridex diz que lembra os bolos e sobremesas que a mãe dele fazia, acho que toda vez que ele come a sobremesa dá um suspiro... ahhhh confort food...

Vocês tem uma receita de infância? Conta aí!

Bjuuus!


Polpas congeladas

Uma coisa que viciei graças aos copos bonitos que resolvi comprar aqui pra casa... Copos, não... Taças!

Teve uma época que eu tomava, acho que até coloquei algo a respeito no blog, batia tudo com leite ou com o leite do kefir, algo assim.


Não lembro o motivo para ter voltado a comprar elas, mas sei que me viciei de novo... Ultimamente tenho batido com água e umas gotinhas de adoçante de stevia, fica bem bom, e na minha taça linda fica melhor ainda!


Para quem quiser comprar aqui em Porto Alegre e região, achei as taças no Zaffari do Centerlar e no Bourbon Walling, mas acredito que em qualquer loja da rede consiga achar. Só cuidem que tem taças menores e maiores, essas minhas são de 400ml, olhem a etiqueta embaixo! Ah sim, quem mora em SP deve achar elas no Zaffari que abriu aí :).

Antes que falem que estou matando baleias por usar canudinho de prástico para tomar o suco: sou pobre e para poupar lavo o canudo a cada "tomada", me julge. Se vier visitas, juro que uso um canudo novo (e a visita pode levar o canudo para casa, se quiser hehehe). Também me sinto mal em usar os canudos, mas não tem outro jeito para tomar o suco nessa taça-diva! E uso esses canudos até não poder mais!

Ok, sucos e polpas de frutas possuem calorias e blá blá mas acho que antes eles do que um refrigerante. A polpa não tem conservantes, açúcares e afins, se quiser posso tomar sem o adoçante que fica bom igual.

Vocês usam poupas? Tem idéias de como usar?

Bjuuuus!

Coisas que ando usando na cabeleira...

Juro que gostaria de organizar meus marcadores de postagens, uma vez vi que estava muito bagunçado, um horror mesmo, e nem eu me achava no que dizia, espero organizar tudo aos poucos quando o tempo permitir.

Já comecei a melhorar nessa postagem hehehehe...

Numa promoção e numa vontade louca de achar xampus veganos para as madeixas, comprei em um site esses aí de baixo, da Amazon...



Deixou meus cabelos bem macios, o cheirinho de mato é tudo de bom! O condicionador não é pesado, teve vezes que nem precisei usar um creme para pentear e deixar ele mais macio, gostei mesmo!

Mas minha marca preferido continua sendo a Surya, os xampus são cheirosos e gostosos, amo especialmente o de morango por deixar o cabelo cheiroso que é uma coisa de louco!

O creme de pentear é bem leve, não deixa o cabelo pesado! Esqueci de fotografar, mas tenho a máscara de tratamento da marca, que é bem boa, leve como o resto da linha.



E não poderia deixar de falar da Granado! Comprei eles quando fui na loja física deles no Barra Shopping Sul em Porto Alegre - RS, a loja é um sonho de linda e tem muita coisa. Resolvi levar para experimentar e não me arrependi... O condicionador é mais pesado, aqui definitivamente não preciso de creme para pentear.


Era isso, volto logo eu juro!

Bjuuus!