E o natal?



O natal foi gordinho, no sentido literal da palavra, agora aqui tô tomando um chimarrão para dar uma limpada aqui no corpo e expulsar os restos. Mas tava bom viu.

Me dei o direito de fazer um panetone recheado de um creme que fiz com creme de soja e chocolate amargo. Puta que pariu, esse negócio ficou tão bom que acho que não é de deus...

Tem um blog muito, mas muito bom que é o Presunto Vegetariano, peguei várias receitas dele para fazer no natal, incluindo o panetone, tá aqui ó.

Na ceia eu fiz alguns pratos veganos para mim, enquanto a mãe assou o tal do chester, eles não são vegetarianos, fazer o quê? Mas o bom é que nessas ocasiões eu ignoro essas coisas e tento não me ferir tanto.Não vou deixar de me reunir por conta disso, eles dão o braço a torcer muitas vezes e eu acabo dando o meu em certos momentos.

Bom, da ceia, me inspirei no post do mesmo blog, fiz o cuscuz e o rocambole de PTS, fritei uma linguicinha veg e misturei com uma farofa pronta.

Pronto, comi até não querer mais na noite do dia 24.

No dia 25 meu sogro fez churrasco, minha sogra um arroz enfeitado e umas saladas, minha cunhada umas batatinhas no forno de comer de joelhos. Até que não comi muito não, tava de saco cheio de comer. Muita comida, muita coisa.

Essa semana tá o uó da dieta, dos 7 dias, se salvarão dois, eu acho, domingo tava viajando e comi muito, dia 24 ceia, dia 25 tava tudo desregulado, 26 aniversário do maridex, 27 festa de aniversário do dito cujo. O que der para controlar, controlaremos.

O brabo que o peso tá demorando para baixar, mas aí lembro que na ultima consulta com a nutricionista, tinha eliminado muito mais kgs de gordura do que os apresentado na balança, ou seja, balança não é tudo, gente, ela dá uma noção, mas vale nada.

Vixi e academia de férias... tentando ver um jeito de queimar umas calorias... hihi...

Simbora que não tá morto quem peleia!

Um beijo!

Passeio na Tea Shop



Já contei que tem uma loja de chás aqui em Porto Alegre muito legal? Essa é a Tea Shop!

Na busca dos patês do post passado, como estava por perto, passei para tomar um chá gelado e comprar alguns chás. Busquei dois pretos e um que era uma infusão com muitas frutinhas deliciosas!

Na foto, o primeiro e o últimos são os pretos, o de frutas já mostro...



O de frutas é esse aqui do link, muito delicioso e refrescante, ele tá cheio de coisinhas porque não quis usar o coador dentro do bule, se não a ter que colocar muita água para alcançar ele, uma longa história, não alcança o fundo do bule...

Minha história com a loja vai um pouco mais longe, tá nada demais, mas o rapaz que trouxe a franquia para Porto Alegre era meu colega no trampo anterior, não sei escrever o nome dele, aí seria injusto escrever errado viu, mas eu trabalhava na TI e ele no setor de aftermarket. O rapaz é um amor, um poço de simpatia.

Tomar chá é tudo de bom, um ritual delicioso e revigorante, um hábito que sinto muito prazer em ter!

*eu mesma comprei o chá e recomendo de coração, logo, não é um post patrocinado

Pasta de soja Bem me Quer

Admitam... vocês nunca viram esse blog tão, mas tão atualizado né?

Enquanto o panetone vai crescendo e esperando o momento de ir pro forno, bora falar de coisa boa?

Esse post tem trilha tá? Clica e vem comigo, chega mais... chega mais!!!!


Bom, digamos que a grande descoberta da feira vegana (além de descobrir que tem muito vegano por aí e não sou a única) é essa pastinha aí de baixo...


Tinha comprado a de alho poró na feira, achei que pudesse ter gosto de tofu (aí seria mais uma coisa com gosto de tofu).

Que nada, inocente!

É de comer de boca cheia! Nem acreditei que pudesse ser tão bom!

Tem uma consistência bem firme, não escorre do pão (a não ser que coloque tomate dentro do sanduba, que aí vai escorrer o molho do tomate e aí já viu a lambuzeira....).

E o melhor: poucas calorias!




Comprei de vários sabores, foi uma peregrinação para encontrar, fui em várias lojas diferentes (não queria pedir tele-entrega, porque onde trabalho é ruim receber essas coisas... e em casa é 38 reais a entrega!).

Já sei onde tem e quando acabar vou lá buscar!

Já provaram?

Beijão!

*eu mesma comprei as pastinhas e experimentei porque quis, logo, não é um post patrocinado

Nutricionista




Já contei que tô indo numa nutricionista que atende muuuuuito bem veganos?

Bom, dia 6/12 foi minha terceira consulta e totalizamos 3,8kgs de gordura eliminados/trocados por massa magra (falhou memória, mas acho que era isso....).

Feliz demais com os resultados!

Uma coisa muito boa de estar frequentando uma nutricionista é que, como ela ajeitou minha alimentação, tem alguns aspectos da minha saúde que estão melhorando.

Por exemplo, aquela tendinite no calcanhar que me dói quando ando muito de sapato baixinho ou o tempo fica pra chuva? Quase não sinto mais... Não sei se é coincidência, mas isso foi muito bom.

Não apenas emagrecimento, mas estou buscando me alimentar melhor, cuidar dos meus nutrientes, enfim.

Academia estou estudando começar a fazer mais um dia na semana, na sexta. Tô vendo meu corpo mudar para melhor e acho que preciso aproveitar essa empolgação.

E outra: tá me fazendo tão bem, por que não aproveitar e inserir mais um dia?

Sobre o corpo, comprei um vestido estilo pin-up maravilhoso domingo, achei sem querer, e junto havia algumas saias coisa mais linda, mas aí pensei em emagrecer um pouquinho mais para comprar uma.

Falei isso pra maridex e ele: o que que tem? que se danem os outros, usa a tua saia e seja feliz!

Ok, esperando sobrar dinheiro para comprar uma saia cuti cuti daquelas de bolinhas, corações...

Tô me achando a mulher mais linda das galaxias, independente do meu peso, do que falta eliminar, qualquer coisa.

Tô de boa comigo mesma, isso é fato!

Feira vegana de natal em Porto Alegre + conheci a Ellen do blog Desobediencia Vegana



Sou o verdadeiro bicho do mato. Legítimo.

Já melhorei muito nesse meu lance com a timidez, mas continuo tímida. É um traço da minha personalidade, nada vai mudar isso (talvez melhorar, mas eliminar, não), e nem quero que mude muito não, viu. Por conta da minha timidez eu acabo não falando demais das minhas coisas e da minha vida e acabo me preservando um pouco, acabo não me mostrando demais pro mundo. Gosto do mistério em torno das pessoas, não preciso saber tudo sobre elas, e não gosto que saibam tudo de mim. Enfim.

Onde quero chegar com tudo isso?

Fui na feira vegana de natal em Porto Alegre. Cheguei, conhecia ninguém, não sei se isso explica mas fui me sentindo meio que no livro Fernão Capelo Gaivota (quem não leu, leia pelo amor de deus). Chegar na sua tribo e quase não acreditar que sim, tem gente que pensa como você.

Todo mundo ali era do meu mundo, poderia comer tudo que tinha lá livremente sem precisar perguntar a respeito dos ingredientes, porque eu estava no meu mundo, mas foi tipo passar um tempão presa numa gaiola onde eu poderia sair para dar uma volta no quarto e do nada sair pra liberdade, pra rua. Loucura, eu sei, mas como tenho poucos amigos veganos (acho que apenas uns 3), foi uma coisa bem doida, uma experiencia única, eu diria. Pelo menos para mim, foi uma experiencia "forte".

Porque estava acostumada a falar com veganos em grupos, fóruns, ser amiga de facebook e nunca ter visto pessoalmente... Estava acostumada a ser a "diferente" entre os amigos, me sentia muito ET, agora não me sinto tão ET assim...

Fui com o pensamento fixo de comprar algumas coisinhas pro Natal, conhecer algumas pastinhas deliciosas veganas e me enturmar no meio né? Mas a parte do se enturmar foi dificil, talvez na proxima sim eu consiga!

Cheguei lá, nossa me senti timida demais, peguei minhas coisinhas e fui embora. Mas nesse sentido aproveitei!

Quer dizer, antes de ir embora conheci uma blogueira querida, A Ellen do http://desobedienciavegana.blogspot.com.br/! Vi ela com as orelhinhas e tive que dar um abraço nela, sou fã dela! Não poderia deixar passar a oportunidade de conhecer a pessoa que, com seu blog, me faz pensar bastante, me leva a refletir sobre muita coisa.

Por conta da timidez, não consegui conversar tudo que podia com ela. Ahhh maldito travamento! Mas foi supimpa, sai de lá feliz feliz!

Sim, essa mulher existe de verdade! hehehehe...

Aos poucos quero tentar mostrar o que comprei na feirinha, algumas porcarias (gordinha é foda) e outras coisinhas saudáveis e gostosas.

Tenho muita coisa para contar, aos poucos vou contando hehehe.

Beijão!!!!