Voltei para a academia

Voltei ontem a malhar com minha amiga personal.

Agora é 10:45 da manhã e as dores estão começando a aparecer nos músculos.

Até corda pulei. Tentei né? 3 minutos seguidos ainda não consigo, mas quando conseguir vou ficar faceira.

Alimentação tá indo ok. Comendo tranqüila, sem ficar me exigindo demais, como bem, sem essas frituras besta e doces. E quando como doce, é porque é bom mesmo e porque quero comer, não por necessidade emocional.

A Sibele me mostrou uma coach bem bacana que fala sobre vida sem dieta e tô Curtindo. Procurem por Ligia Fabreti.

É isso, tô bem, tô viva!

Bjão!!

Chuta que é macumba

Um ano estressante, só poderia me trazer isso: de novo, estou doente.

Já fazia uns 15 anos que não tinha sinusite, e em 3 meses tive duas.

Agora tô aqui, enjoada, com pouca coisa apetecendo. De repente é com isso que vou conseguir emagrecer kkkkk....

Semana que vem parece que a academia da amiga fica pronta e volto pros treinos, oremos!

Bjão!!

Agradecimentos

Nessa lutas, algumas pessoas ajudam muito, meio sem querer ou querendo mesmo.

Carla Renata, é só eu botar um post nessa bagaça e tu aparece para deixar um comentário! Guria, tu consegue criar uma âncora entre eu e o blog, me motiva a querer colocar alguma coisa aqui. Mesmo que demore um pouco para isso hahahaha... mas sabe que ajuda muito viu?

Gaucha Tri Legal, guria, não sabe como tem me ajudado com todos teus envios inbox pelo instagram e aqueles canais de comida vegana e de pessoas veganas. Estou, aos poucos, voltando a cozinhar e fazer minhas coisinhas e comidinhas, estou indo devagar, mas estou indo. Aliás, estou com um sorvete de banana quase pronto e comprei morangos para colocar por cima.

E agradecer a todo mundo que de vez em quando passa por aqui para ver se a poeira desse recinto foi retirada hahahaha... Vocês são demais, sério! Tô devendo uma visitinha para vocês, mas calma que aos poucos estou voltando.

Sobre a "dieta", digamos que o problema é o almoço e jantar, o jantar vou preparar refeições prontas para me ajudar, e sobre o almoço, como eu almoço em restaurante, estou tentando, aos poucos, eliminar algumas tentações.

Estou abastecida e cuidando das minhas energias, tentando me proteger espiritualmente para pegar impulso e coragem de começar tuuudo de novo. Planejo até fazer umas limpezas nos armários (todos eles) hehehe.

****************************
Sammy tá achando que essa energia toda vem do colchão novo... :)

Sobre as coisas difíceis da vida


Andei meio depressiva nos últimos dias, por isso aquele compromisso de voltar aqui mais vezes ficou para trás.

Estive sem muita força para fazer minhas coisas, até aquilo pelo qual estou apaixonada por estudar deixei de lado, me dava mais vontade de ficar deitada do que qualquer coisa.

E quando a gente fica assim, se a gente não tenta se mexer, vamos indo aos poucos para o fundo do poço. Já estava tendo, de novo, atitudes compulsivas, como misturar coisas meio malucas para comer, comer até doer a barriga e não conseguir dormir depois.

Comecei a pensar, de novo, em maneiras de conseguir comer tudo sem que ninguém veja.

Aí vi que a compulsão, ansiedade e depressão estavam chegando.

Tive péssimas notícias de um ex colega meu, e nessas situações você reflete muito na vida. E refleti no que eu deveria mudar e o que deveria pedir para os outros mudarem em relação a mim.

Lembrei duma palestra que vi num centro espirita uma vez, sobre quando nos empolgamos com algo e do nada vem uma coisa que te desmotiva. Tipo isso: vamos começar a correr? Vamos! Aí chega uma hora que a Fulana fica pensando... "mas correr pra quê?", "é melhor ficar em casa".... Isso se chama força opressora, isso não é teu!

Não posso deixar essa força nojenta tomar conta de mim. Preciso me reerguer, do jeito que eu puder.

Hoje vou no mercado, comprar umas coisinhas para cozinhar.

Fiz uma lista de tarefas para hoje à noite, mas quero cumprir no mínimo 50%, preciso cumprir algo.

Comprei mimos para mim, quero me mimar, fazer as coisas de um jeito bonito de ver.

(lá vem outro projeto furado será?)

E vou aderir a #100diasdeAmorProprio, cada dia um mimo para mim, vou fotografar e botar no instagram (@sammyleilane, não aceite imitações).

Eu sei que estou no caminho certo, peguei o rumo certo em vários sentidos, preciso praticar.

Beijão!

Programa Vida Funcional


Sempre que chega alguma coisa na minha caixa de entrada (de emails do blog, que fique claro), eu já fico com pé atrás. Já recebi cada proposta daquelas bem sem-vergonha.

Algumas vezes até aceito os patrocínios e faço uso disso para melhorar o blog ou pagar o domínio, quem sabe fazer um sorteio com alguma leitora (o último sorteio me deu um desgosto, veio tanta gente estranha que nunca tinha vindo no blog que desisti disso, mas veremos se um dia desses eu volto a fazer algo do tipo).

Bom, eis que faz tempo que esse blog não vê muita movimentação, anda meio parado como a minha dieta, voltei de férias e depois de engordar 3kgs antes das férias e mais 3kgs durante elas, resolvi que o carnaval acabou e é hora de devolver pro mar esses quilos que não são meus.

Já estou providenciando uma rotina de exercícios, e acho que semana que vem começo uma atividade. Quanto à dieta, acho que consegui um norte, que do nada apareceu na minha caixa de entrada de emails...



Recebi o convite para experimentar o Vida Funcional de graça. Não estava explícito quando tempo eu teria acesso de graça ao programa, então não sei até onde iremos. O programa é de 12 semanas.

Quando entrei no site, de cara, fiquei com o pé atrás. Pensei: lá vem mais um programa de emagrecimento.

Já tentei usar um desses programas uma vez (acho que era o dieta e saúde, algo assim o nome), mas era numa época que achei que se pagasse eu já ia eliminar uns quilos, assim, do nada kkkk... E outra: os cardápios eram meio fixos e como tinha virado vegetariana, quando questionei eles não souberam me ajudar e que nada poderiam fazer.

Mas parece que esse Vida Funcional é um pouco diferente desses que já vi e experimentei.

Quando questionei a assessora de imprensa da Vida Funcional sobre meu veganismo e se o programa servia para mim, ela disse que sim, pois o programa exclui leite e derivados, mas tinha carnes e ovos, porém, poderia me concentrar nas leguminosas, verduras, saladas e afins. Finalmente alguém que não me mandou catar coquinho por conta dos meus hábitos.

É um programa flexível, você escolhe o que comer (respeitando o grupo do alimento), desde que faça no mínimo 5 refeições por dia, coma de 3 em 3 horas...  Sobre os alimentos, tem os que podem ser consumidos à vontade (mas com moderação, óbvio), os que precisam de moderação (tem a quantidade máxima no programa), os que vão acelerar o processo (termogênicos) e os que vão sabotar teu emagrecimento. Bom, só vou dizer que o trigo e seus derivados estão lá. Me deu uma dor no coração, mas quem sabe assim eu abro a mente e tento consumir coisas diferentes disso.

Eu estou otimista com o programa, já que estou tendo acesso free, eu vou com aquela visão de ver qual é que é, se é bom, e como fiquei na responsa de falar a respeito do que estou achando aqui no blog, acho que vou pegar no embalo.

Não vi algo do tipo "digite aqui sua meta de perda de peso", ou seja, a chance de ficar frustrada é menor, acredito eu. Não parecem estar vendendo dieta de revista, mas sim mudanças de hábitos.

Ensinam um programa de exercícios (desses tipo funcional, com o peso do próprio corpo) para fazer algumas vezes na semana, 20 minutinhos, nada demais. Se tem alguém que está fazendo nada de atividade, já ajuda né? Melhor que nada.

Achei democrático, tanto os carnívoros como onívoros poderiam usufruir, mas vamos ver se vai dar certo comigo (pois cada um é cada um e o que funciona comigo talvez não dê com você).

Enquanto não consigo grana para voltar para minha nutricionista, vou usar o que aprendi com ela (sim, aprendi muita coisa) para tirar o melhor dessa experiência.

Que comecem os jogos!

*Sim, recebi acesso livre ao programa, vou experimentar e contar as minhas experiências de forma sincera no blog.

Respirando!

Hoje voltei pro trabalho, estava em férias.

Foram 15 dias intensos, fui em todas oktoberfest's possíveis hehehe.

Engordei 3kgs, fora o que adquiri desde março quando a vida deu aquela virada. Agora preciso arrancar desse corpo 6 quilos.

Já sei como ir, preciso acertar um detalhe aqui e ali, recebi boas propostas, fiz outras... E acho que vai dar certo.

Quero retomar esse compromisso comigo mesma e acredito ter escolhido a melhor maneira e já to indo atrás.

Preciso me cuidar e parar de ser tão preguiçosa.

Boooora menina!

Bjão pra vocês!

E como vai?

Tô aqui, tentando sobreviver a uma crise de rinite graças ao ar extremamente gelado do trabalho.

Segunda fui na academia nova, fiz aula de jump, triiiii bom. Me aconselharam a fazer musculação no outro dia porque eu estaria toda dolorida. Hahaha, inocentes! Tava joia no outro dia, tirando a crise kkkk.

Mas não fui malhar, senti o corpo pedindo repouso e fiquei em casa, hoje só a tosse carregada tá judiando mas tô bem.

De repente vou malhar.

Desandei de leve na dieta ontem porque quando como a garganta alivia hahaha.... Oh lasqueira.

Mas tô de volta a rotina.

Bora lá!!

Tô sem pc em casa, todos bicharam, me sobra celular apenas.

Virei sempre que possível.

Ah! Faltam 9 dias pras minhas férias!

Bjão!!!

E dona Sammy vai aos palcos






Já disse que estou fazendo dança do ventre né?

Só não disse que iria me apresentar em novembro. É, pois é, não esperava me apresentar tão cedo.

Sinto borboletas na barriga, não será competição, será algo no meu nível, mas no final do ano vou dançar com "gente grande". É em grupo, claro, não irei sozinha. Até que a professora me disse que tinha quadril bom para apresentação solo, mas não pretendo assim tão cedo.

Agora é a corrida para conseguir costurar meu traje, bordar meu top e cinturão e ensaiar, muito.

E vi que nessa brincadeira de parar de fazer academia e parar de ir na nutricionista, engordei 3 quilos. Que estão gritando nas calças, nas blusas, e onde torci para não gritar no meu traje de oktoberfest, que por sorte tem elástico e serviu.

Não quero estar magra de doer até novembro, mesmo se quisesse seria impossível, mas preciso me cuidar mais, se não vou engordar demais, meus níveis vão disparar... E preciso ter condicionamento físico para não me lesionar dançando.

Me parece muito distante sair da casa dos 70kgs, porque quando estou quase saindo, alguma coisa me puxa e não deixa hahahaha.

Eu tô me aceitando com tudo isso de peso, mas pelo menos quero que a barriga fique menos inchada, não é legal né?

Tenho uma calça que não me serve mais. Acho isso grave, não quero precisar comprar calças maiores, quero pelo menos continuar com as minhas até se desmancharem, no mínimo isso.

Estou melhorando, ando menos preocupada e estressada, e a idéia de ir para o palco não está me tirando o sono e nem me dando desespero por conta do meu corpo, vi num festival importante meninas do meu tamanho dançarem muuuito bem. 

Fico me imaginando, sendo glamorosa com aquela roupa linda, mostrar para todo mundo como sou linda. É, como dizem, a dança do ventre te dá muita auto estima.

Vou começar a me cuidar, sei que parece loucura quando falta 12 dias para as férias que serão regadas a muito chopp cremoso, mas eu vou tentar comer muita fruta, tomar muita água e caminhar muito para gastar tudo que consumir. E relaxar, claro. O corpo precisa.

Já vi muitos vídeos de dançarinas do ventre gordinhas, e que dançam divinamente bem. Olha aí embaixo essa moça, sou fã dela. Ela me inspira, é maior que eu, mas mesmo assim, faz e acontece. O nome dela é Dana Yakar. Procura no Youtube.



Acho que meu desafio do post anterior dançou hahahahaha, ou pelo menos vai trocar de nome. Não sei que nome dar, mas simbora né?

Bjuuuuuuuuus!!!!



Dia1/108 - 108 dias pro fim do ano


E mais um ano vai passando...

Você cumpriu tudo o que prometeu para você mesmo? Eu não fiz nada, inventei muita coisa este ano, mas fiz nada do que prometi.Nem sei se prometi.

Acho que no nosso caso, a gente vive prometendo emagrecer quando começar o ano. Já se foi, a grosso modo, 3/4 do ano. Você vai dar como perdido o ano, faltando 3 meses e meio para o ano acabar? Dá tempo de fazer bastante coisa.

E nisso, em plena véspera de tirar férias (faltam 25 dias), quando a gente sai da linha e joga tudo pro alto. Quero entrar nas férias de bem comigo, ficar durante as férias de boa e sair delas numa boa também.

Bom, estou fazendo bastante coisa até, dança do ventre, voltei com os florais e com o fitoterápico que a nutri tinha me receitado e parece que estou mais tranquila, mais motivada.

Não sei se disse que eu saí da academia que eu estava, porque não tava dando mais certo, pois me passavam exercicios onde faria uma força que não posso nos braços por conta da bursite. Bom, hoje, vou tentar ver se começo a fazer academia, em uma outra perto de casa.

É daquelas com disputa de aparelhos, mas vai ser melhor que ficar parada em casa. Uma das meninas que estava na minha academia foi para lá, tem aulas de ginastica e tal. vou tentar né? Enquanto minha professora anterior não abre a academia dela, vou me exercitando na outra.

A dieta estou retomando aos poucos, já sinto menos vontade de comer doces e porcarias a mil.

Me lancei esse desafio, o final do ano tá quase aí, tenho 108 dias para dar jeito na minha situação e chegar no último dia com promeças novas e mais alegres.

Dá tempo sim viu?

Inté!

O fogo



Estou escrevendo de um lugar sem internet, mas tem tomada para ligar o notebook e escrever alguma coisa.

As últimas duas semanas tem sido bem tensas, na verdade esse mês de agosto tem sido bem punk, tem colocado tudo à prova.

Na última semana me deprimi por conta dos problemas, como se algo fosse tomando conta de mim e me impedisse de fazer qualquer coisa. Não tinha força para fazer meu café da manhã, o que dirá dançar, cuidar de mim mesma.

Percebi como vou aos extremos de forma tão fácil, uma hora explode de empolgação, no outro momento um suspiro mal dado já me faz colocar tudo a perder.

A dança tem me ajudado muito na questão baixo astral da vida, mas estava de um jeito que não conseguia me levantar para ir lá "tomar o remédio". Complicado.

Na sexta conversei com uma amiga sobre como estava cansada essa semana, como estava desanimada, um assunto puxou o outro, falamos sobre os xamãs e as músicas que eles cantam  e que parecem te dar uma energia sem igual.

Ela me falou que quando sentia que uma coisa ruim estava tomando conta dela, ela imaginava um fogo que queimava tudo ao redor, eliminando qualquer coisa ruim que tivesse por perto.

Imaginar um fogo que queima a mágoa, que queima os nossos fantasmas e tudo mais, não sei explicar, mas parece que te dá uma força, um gás a mais para seguir.

Sabe que quando estou muito para baixo, sem forças, sinto muito frio. Quanto mais triste estou, mais frio eu sinto. Talvez seja porque a chama vai se apagando.

Acho que preciso de rituais, sinto necessidade de acender uma vela, um incenso e ver a brasa queimar e soltar coisa boa, sabe?

A fênix surge das cinzas, e olhe como surge!

Não podemos deixar o fogo lá dentro se apagar, não deixe. Tente imaginar tudo queimar ao redor.

Descontei muita coisa na comida nos últimos tempos, comi feito condenada, porque parecia que nada iria se resolver e era a única coisa que restava.

Tive uma conversa muito boa com meu marido que sacudiu um pouco os dois sobre o rumo das coisas, foi como se um fogo tivesse aquecido. Ressurgi do gelo.

Tentem fazer esse exercício, quando tudo parece querer te puxar para baixo, feche os olhos e manda queimar!

Dança do ventre


É nisso que ando me aventurando nas últimas semanas.

Há um tempo atrás tinha vontade de fazer, mas faltava alguém que desse aquele empurrão ou que fizesse cia. Achei as duas coisas hehehehe...

É uma atividade que reforça a auto-estima, te ajuda a se valorizar mais, desenvolve o amor próprio, pois não precisa ter corpo de modelo para dançar, teu corpo te permite uma infinidade de movimentos.

E fora que você se acha o máximo por conseguir fazer tantos movimentos.

Tem toda sua questão cultural, não apenas a dança, tem a cultura ao redor de tudo isso.

Fora que ajuda a emagrecer, fortalece as pernas (pois toda a movimentação se dá por conta do movimento das pernas).

É uma atividade glamorosa, com as roupas lindas!

Pena que muitas vezes levem para o lado erótico da coisa, a dança na sua origem não é com esse objetivo, é uma dança como qualquer outra, claro, se quer brincar com ela, é só dar mais enfase a esse lado, mas ela em si nem acho tão erótica assim. Tudo tá na cabeça das criaturas.

Acho tudo muito lindo e mágico, isso sim.

Estou pensando em trocar de academia, pois estou achando pouco o que ando conseguindo com a minha hoje em dia.

Voltaremos!

Furacão

Minha vida se resume aos furacões que passam por aqui e me deixam desnorteada.

Já estava sentindo uma pressão grande sobre as coisas que faço no dia a dia, e aí a coisa começou a sair do controle.

Bom, de novo tivemos uma crise em nossa vida, que desequilibrou um pouco as coisas que estavam quase estabilizando.

Muita coisa estou tendo que desistir, mudar, adaptar de novo. Tudo de novo.

Ai, olha, tanta coisa mudou que nem sei por onde começar.

Perdi certas motivações, estou achando outras formas de dar um jeito na situação.

Dói um pouco ter que abrir mão de algumas coisas para tentar me aventurar em outras onde é mais lucro.

A vida está em constante metamorfose.

Muitas coisas tem como pré-requisito que eu consiga me despir de certos pré-conceitos e pensamentos.

Parece que às vezes a vida quer arrancar de mim as coisas. Dá aquele desânimo, aquela moleza e a vontade é passar o dia paradinha, quietinha...

Eu estou numa implicancia desgraçada com algumas coisas, tipo, algumas pessoas que não entendem certos probleminhas e insistes em pisar justamente ali.

Como estou entendendo mais a respeito de tudo que a Cristina Cairo escreve, estou entendendo melhor essa lógica do "semelhante atrai semelhante". E aí entendi um pouco das coisas que acontecem.

Entrei em uma atividade extra que irá me ajudar em auto estima e tudo mais (que nem sei coo vou sustentar), já estou me sentindo bem com ela, porém, com toda essa bagunça na vida tá dificil.

Eu estou tentando fazer as coisas do meu jeito, porque com as regras tem sido muito dificil e me frustro demais.

Tenho ótima novidades, mas outro dia eu conto, com mais detalhes.

A zica da vez

Para ajudar a encarar esse plano novo e lindo da nutri, eis que vem uma intoxicação alimentar.

Não desejo pra ninguém.

Bom, ai para completar minha prof da academia torceu o pé e o local tá fechado essa semana.

Hoje me sinto melhor, acho que vou fazer eliptico e voltar com os abdominais e etc.

Alimentação voltou ao normal, passei mal domingo de noite, fiquei de molho segunda sem comer quase nada, terça em observação e hoje soltei a franga. Tô com fome, porra.

Apesar da zica, novos projetos quase finalizando.

Nem me pesei, tô sabendo que o peso desse piriri vai voltar depois... kkkkk

Talvez hoje eu dê um rolê no blog de vocês.

Bjão!

Mais desafios de 30 dias

Ontem falei do desafio dos abdominais, quero dizer que há outros desafios e exercícios para fazer nesse site aqui:

Blogilates

Tem os de abdominais, mas tem outros exercícios para fazer em casa, no caso de achar difícil ou caro ir para a academia.

Do desafio dos abdominais, ontem que não tive academia, aproveitei e fiz o primeiro dia + 40 min de eliptico.

Aproveitar que tá fluindo né?

Bjão!

O que há de novo?



Bom, fui na nutri na terça e eliminei alguns cm's de largura e um pouco de gordura também.

Foi um período que poderia ter feito um pouco mais, mas me sai bem melhor que março - maio.

Mas voltar para os trilhos e ver algum resultado me motiva, pois sei que se seguir no caminho certo, vou chegar lá.

A nutri me lembrou do livro Pense magro e estou lendo, relaxadamente, os seus capitulos e tentando enfiar algo na cabeça. vai que cola né?

Voltei a usar a agenda para monitorar o que ando fazendo ou não, as tarefas do livro e tal... Registar algumas coisas do processo.

Ainda me vejo me batendo de vez em quando em batalha comigo mesma, querendo sair da linha e tudo mais.

Preciso focar mais nos exercicios, agora que arrumei a dieta, posso me concentrar mais nisso.

Até achei um desafio de abdominais, 30 dias e cada dia é uma série, quem quiser se desafiar, segue o link:

http://www.blogilates.com/wp-content/uploads/2014/12/30-day-ab-challenge-2.png


Vou medir a barriga e tudo mais para ver se vou conseguir alguma coisa.

A dieta nova tem uma pegadinha: quando não faço exercicio, meu jantar diminui, quando faço execicio ele aumenta, ou seja, é mais negócio eu me mexer hehehehe.

Bjao!!!

Será que rola um retorno?



Sempre venho aqui e escrevo uma coisa ou outra. Quer dizer, "sempre" é forçar a barra demais, digamos que venho aqui vez que outra só para não cancelarem a conta hahahaha.

Well, a nutricionista me lembrou daquele livro "Pense magro", aquele cheio de tarefas e tal. Fiquei tentada a tentar ele de novo, fiquei tentada a fazer muita coisa.

Uma deles foi: retomar o blog da maneira como era antes, comentando em outros blogs, lendo efetivamente outros blogs e tal. Porque isso me ajudou pra caramba.

Acho que dividir essas experiências é bacana, é bom, é legal. Porque ajuda no foco.

Com as gurias lightchês, a troca tem sido muito boa sim, mas talvez falte um pouco mais, acho que faz falta essa parte do blog viu....

Bom, vou tentar... Até porque, descobri que alguém próximo de mim acompanha meu blog, e... vai que acabo ajudando a rapariga hein?

Não me acho a ultima bolacha do pacote, mas com minha humilde experiência e relatos, já ajudei muita gente e isso é o que acho fantástico.

Numa sociedade que acha que o gordo = relaxado mesmo, um apoio desses é muito importante. E só a gente sabe como essa função toda não é brincadeira. Só a gente sabe como é difícil.

Sobre o blog com os cardápios, deixei ele fechado, porque me senti exposta demais.

Se alguém quiser acessar ele, manda um email ali naquela aba "contato" que eu adiciono, me diga o blog que você escreve que aí libero.

Beijão!!!!



Nosso próprio desafio


Tentar mudar os hábitos, ter uma vida mais saudável, emagrecer é um desafio solitário.

Até nos matriculamos na academia, vamos na nutricionista e/ou vigilantes do peso e etc e tudo dá uma força.

Mas não adianta matricular na academia e faltar. Não adianta ir na nutri e não seguir o que ela manda.

Ou seja, continuamos sozinhos.

É um desafio onde às vezes acabamos indo contra a gente mesmo, às vezes a favor, outra nos sabotamos, outra hora nos mimamos...

Nesse desafio é preciso fazer algo que ninguém pode fazer pela gente: a nossa parte.

Todo mundo pode nos ajudar, nos mostrar o caminho, mas a gente vai ter que ir sozinha. Não vai ter ninguém segurando tua mão para não comer demais ou dando porrada em você para ir para a academia, enfim.

Lidamos com os monstros, às vezes estamos sozinhos e dá aquela vontade de comer algo fora da dieta, como se o fato de comer escondido não contasse calorias. Mas conta sim.

E quem estamos enganando? A nutri? A professora da academia? Não, estamos mentindo para nós mesmos, o que acho pior.

Acreditar que somos capazes e fazer nossa parte é bom.

Vencer esse desafio é a melhor coisa que tem. Pois é um desafio só nosso.

Vestir aquela calça que não servia antes não tem preço. É o resultado do nosso esforço, é uma conquista só nossa onde só a gente sabe o valor dela.

Por isso que digo, não desista de você mesmo. Para tudo se dá um jeito, saia do comodismo. Se tá dificil sair do comodismo, vá atrás de ajuda, pscicologa, grupo de apoio... mas não desista de você mesma.

Depois de 5 anos lutando contra esse probleminha do excesso de peso, passei a entender muita coisa que gostaria de ter entendido lá atrás.

Não adianta enganar os outros, não adianta mentir e nem se fazer de louco. Somos responsáveis por nossas conquistas.

Tem que fazer sua parte.

Segunda é dia de recomeço? Pra mim, não!!!

Que rebeldia é essa?

Nada não, é que me alimentei tão bem no findi que acabei não tendo o que mudar em plena segunda!! Rá!

O que motiva também é que tô recebendo muito confete por conta do meu progresso, a nutri elogia (e corrige o necessário) e meu marido apóia.

Já pensei em comer algo e "esquecer" de botar no blog, mas.... estou enganando a quem? Somente a mim mesna, criando uma ilusão.

Tem uma coisa que apenas a gente pode fazer por nós mesmos: a nossa parte!

Já viu o blog? http://samantacomendomato.blogspot.com.br/

A vida tá indo tri, me falta tempo de escrever algo legal, mas um dia chego lá hehe...

Bjão!!

Sinceridade

Esses dias tive retorno na nutri.

E, mais uma vez, segui o plano dum jeito meia boca.

E, mais uma vez, fui sincera e disse: segui tudo meia boca.

Aí ela disse que não tinha muito o que mexer, porque ela tinha conseguido um plano alimentar ideal para mim e que não poderia retirar nada dele, pois talvez iria emagrecer "mais fácil", talvez, porém, minha saúde poderia ficar comprometida.

Então, ela me receitou um fitoterápico, de Garcinia cambogia, para dar uma acalmada nas bichas e assim não sentir aquela ansiedade, aquela vontade doida de comer doces e tal. Mandei manipular e já comecei a tomar.

Voltei com os florais, para ver se consigo me concentrar.

Ela me elogiou por ser sincera, quando disse que tinha seguido meia boca, que comia demais em determinadas refeições e tal. Não adianta pedir ajuda e não ajudar quem te ajuda, entendeu?

Ela está fazendo sua parte, eu é que não estou cumprindo minha parte no acordo.

Não acho que seja falta de força de vontade, vontade todo mundo tem, né? Acho que a disciplina está em falta.

Lembro que quando morava no apê com meu marido (para quem não sabe, moramos com minha mãe desde que meu pai faleceu), eu fazia muita coisa, comidas, tudo para me ajudar na dieta e pesava entre 63 e 65 quilos. Tô tentando voltar para aquela disciplina toda.

E outra: preciso ser sincera comigo mesma. Eu me sabotava e me fingia de morta. Teve vezes que um potinho de requeijão vegetal não durou 3 dias, e hoje consigo que ele dure uma semana, porque uso com disciplina, sem me sabotar.

Acho que é uma questão de disciplina, realmente. Força de vontade chega uma hora que vira um balão e de tão cheio estoura.

Estou tentando ir para um lado mais disciplinado do que para um lado de força de vontade, motivação e coisarada.

Tenho um plano a seguir, que levará tempo para chegar no objetivo, assim como um medicamento, preciso seguir o tratamento para chegar lá.

Radical? talvez, talvez...

Criei um blog para registrar o que como e assim a nutricionista acompanhar e dar uns pitacos, se chama www.samantacomendomato.blogspot.com.br  , e meu marido tá acompanhando também, pois ele quer me ajudar. Está lá para todo mundo ver.

Acho que é isso, por hoje.

Voltaremos, em breve!

Bjus! Bjus!

Falando de chás - Vanilla Green Tea, da Tea Shop

Pare tudo o que você está fazendo!

Vou mostrar o melhor chá verde que tomei na vida!


Ganhei uma amostra do chá, quando abri a embalagem, veio aquele perfuuuume de baunilha delicioso.



O cheirinho de baunilha quebrou um pouco aquele gosto forte do chá verde, amargo.

Aí embaixo, dá para ver as folhas bem abertas?





Ele fica verdinho mesmo, e delicioso, acho que daria para dizer que ele ficou até meio docinho, muito bom!


Um chá verde bom para a saúde e delicioso, longe de muito que já provei!!!!

Em tempos de retomada na dieta, nada mais justo que um chá gostoso né?

*comprei o chá e provei, logo, não é post patrocinado

Por que às vezes é tão difícil emagrecer?



Lendo um pouco a respeito e escutando alguns áudios sobre isso, comecei a entender (de novo) como se dá todo o processo de emagrecimento.

O ideal seria a gente fazer uma "dieta" na cabeça e depois uma dieta para cuidar do corpo.

Muita gente só consegue emagrecer com as cirurgias de estomago quando, primeiro, tratam a cabeça. Outras, inclusive, engordam tudo de novo ao fazer essas cirurgias porque a cabeça não está pronta para lidar com aquilo e ela acaba se sabotando.

Emagrecer e ser feliz requer muitos desapegos, significa que talvez a nossa felicidade vá incomodar alguém.

Já ouviu falar daquelas pessoas que emagrecem e explodem de alegria, andam sempre com sorriso no rosto, se mostram livres e tudo mais? Sabe quando comentam que essas pessoas ficaram "metidas" depois que emagreceram? Então... É disso que estou falando. Ser feliz incomoda. Muitas pessoas se veem satisfeitas com a "desgraça" e defeitos do outro, pois isso "significa" que elas seriam melhores que os outros.

A gente tem medo de crescer e aparecer, a gente tá acostumado a ficar encasulado na nossa toca de gordura e sair desse lugar seguro requer coragem.

Requer que a gente se desapegue de coisas que às vezes é muito doloroso se desapegar, coisas, pessoas, sentimentos.

A gente engole os sentimentos, literalmente, engole sapos e isso fica lá, tudo acumulado. A gente tem medo de se impor e tem medo de dizer não. Todo mundo adora jogar suas porcarias e problemas na gente porque a gente aceita tudo.

Às vezes esse processo custa muito para a gente, pois requer que a gente fique fuçando em sentimentos que são doloridos de lembrar, pensar.

Vem as mágoas, vem até o ódio, nojo... Mas a gente precisa meditar sobre as coisas e tentar alinhar os pensamentos e resolver isso internamente, jogar fora o que não presta e estar disposto a enfrentar o mundo e mudar.

Se for tão difícil, talvez precise de ajuda de um psicólogo, mais do que de um nutricionista.

Chega de se esconder.

Às vezes o gordinho quer é que ninguém note sua presença, que ninguém o veja, ou tenta ser a pessoa mais legal do mundo para ser aceita do jeito que é.

Já cheguei aos quase 90kgs, e fui até os quase 60 logo depois, e quando cheguei lá eu entendi que não adianta força de vontade, ela é um balão que enche e um dia estoura, porque a gente se "força" tanto que um dia enche o saco.

Tudo está na cabeça e nas nossas escolhas de vida.

Sabe que até larguei um pouco a minha leitura de literaturas (quer dizer, diminui o tempo que gasto com elas) para me aprofundar nos livros de PNL e autoajuda.

Preciso desse "Resgate" urgente, voltei a tomar meus florais e vejo que está dando resultado.

Estou mexendo nos meus "monstros" e isso incomoda um pouco, mas... É preciso.

A mania de pensar "se eu não faço, ninguém faz" e ir lá fazer estou tentando segurar. Muita gente se escora na minha boa vontade, abusa da bondade. Não vou nem citar exemplos.

E há quem tenha ficado emburrado ao ouvir um "não" meu.

Ué, todo mundo tem que aprender a dizer e a ouvir um não. Esse "não" nem é por maldade, é porque não posso, não quero, enfim, por qualquer motivo.

Falando sobre chás - Chá com Jasmin

Esse é um dos chás mais perfumados que já experimentei!


O chá é feito com chá verde misturado com o jasmim estrelado, É a bebida mais popular entre as pessoas mais velhas na Ilha de Okinawa (Japão), que raramente bebem o Chá verde puro.

Olha o manual de instruções que veio dentro da lata!



Ali embaixo, antes de passar pela água quente. Ao abrir a lata, já se sente aquele perfume fresco, delicioso. Diria até que não tem tanto sabor, mas o perfume... ahhhh o perfume!


Depois de coar, ele fica assim verdinho. Como muda né?


Achei que ele fica um pouco mais escuro para um chá verde, mas não tinha aquele amargor todo que um chá verde normalmente tem.


Do lugar onde vem esse chá, dizem que o povo passa facil dos 100 anos. Chá é tudo de bom gente, não perde tempo!

Fontes: Homem da terra
Asia Shop

* não é post patrocinado, o chá eu comprei!

Energia

Estou viciada em Cristina Cairo, procurem no Youtube pelo nome dela e se deliciem com os programas dela na Radio Mundial.

Bom, estive me sentindo muito cansada essa semana, todo dia estava quase morrendo de sono (muito mais que o normal hehehe). Aí resolvi ouvir alguns áudios quarta pela manhã, na terça terminei de pintar uma mandala... Deu aquela motivada em retomar as coisas e tal.

Tenho problemas não resolvidos e outros que não irão se resolver, precisarei aprender a lidar com eles, aceitá-los e deixar o tempo cuidar deles para mim, desviar o pensamento e trabalhar a indiferença para que isso não me afete.

Sabe, hoje comecei a pensar mais positivamente, comecei a ter pensamentos mais leves e tranquilos.

E hoje já senti a diferença, controle maior da fome, acho meu cabelo bonito, me acho mais magra, me acho bonita e cheia de possibilidades.

Me animou, me deixou confiante e isso reflete em tanta coisa.

Acho que posso me cuidar, sei que se mudar meus pensamentos o resto irá mudar junto.

Tem muita gente negativa ao meu redor, que inclusive critica meu modo positivo de tentar ver a vida. Acho que isso aos poucos foi minando, minando minha positividade e energia. Preciso aprender a lidar com isso.

E junto com o terremoto que veio em março e abril, acabou com tudo.

Preciso retomar, preciso me cuidar.

Voltei a estudar as pedras e suas energias, PNL e agora quero tentar estudar Tarô, olha que legal!

Vou tentar escrever aqueles posts positivos novamente, vamos tentar retomar a vida!

Bjão!!!!

Falando sobre chás - Chá Oolong, chinês

Não sei se estão gostando da série, mas escrever e falar a respeito na dose que acho saudável me faz bem, espero que estejam gostando e se inspirem!

Chá oolong, esse foi um dos primeiros que comprei quando comecei a me interessar por chás de verdade, é uma lata enorme, vem 100grs de chá dentro.


Comprei ele pela internet, junto com outras latinhas que um dia desses vou mostrar por aqui.

Ele é um chá que vem da mesma planta do chá verde (dããã), a diferença é que no oolong, as folhas passam por um processo de semi-fermentação, que resulta em maior concentração de flavonóides.

As folhas dele são enroladinhas.






Depois do chá coado, olha como ficam as folhas, são folhas inteiras abertas!


Como já disse, o que acho legal desses chás de verdade é que as folhas secas se transformam depois de hidratadas pela água quente! Acho lindo e faço isso parte do ritual.

Tenho mais chás assim do que em saquinhos, desses de saquinhos tenho apenas os da twinings.

Acho mais legal chás soltinhos assim, parece que o ato de tomar chá não fica assim tão... impessoal e automático. Ritual não foi feito para ser automático.


Ele não chega a ser terroso como um Pu erh, e nem chega a ser tão amargo como o chá verde, é o meio termo, mas com um saborzinho especial que é só dele! Para quem acha um chá verde muito amargo, acho que é o tipo de chá dá certo. Tem como dizer que ele tem um sabor adocicado meio amargo? É por aí...

Chamam ele de chá azul, talvez por estar entre o verde e o preto no quesito de fermentação.


Dizem que é um bom chá para quem quer emagrecer por acelerar o metabolismo, se é mesmo, não sei, adoram vender as coisas com esse benefício, mas não se apegue a apenas esse, chás tradicionais e verdadeiros são benéficos em diversos aspectos.

Fontes: Asia Shop

* não é post patrocinado, comprei o chá com meu rico dinheirinho

Vibe positiva

Perdi aquela minha vibe mais positiva e de bem com a vida.

Os problemas devem ter me desviado do caminho, talvez.

Talvez a vida tenha me testado tanto que acabei cansando um pouco...

Preciso retomar meus estudos sobre positividade, energias (tipo, colhemos o que plantamos). Acho que a vida brincou de lutinha comigo e deu aquele soco na orelha que me deixou no chão.

Meu espírito enfraqueceu, me acovardei das coisas.

Ando tendo aqueles pensamentos sobre o que imagino que os outros falam de mim e minha aparência, ando me odiando às vezes.

Bora lá lutar pra alinhar esse trem né?

Falando sobre chás - Chá branco de Natal, da Tea Shop


Recebi uma amostra desse chá, acho que nunca tinha provado um chá branco de verdade nem visto um assim tão próximo. É uma edição que só sai no Natal mesmo, estou meio atrasada, mas para mim, sempre é hora de tomar um chá, né?


Segundo a descrição no site da Tea Shop, é um chá branco com amêndoa amarga, casca de laranja, maçã, cravo, gengibre e canela. Digestivo e rico em antioxidantes.

Senti bastante o aroma do cravo, vocês estão vendo o cravinho ali embaixo? E que amorzinho achei as flores roxas misturadas no chá.


Admiro a beleza dos chás de verdade, porque você as folhas, vê tudo. Não é que nem os outros chás que está tudo tão moído que nem se percebe do que é feito!

Como um chá branco, ele é mais clarinho que os outros.


Vejam abaixo como são as folhas, tem uma folha praticamente inteira nele!


Tem um detalhe que quase me fez desistir de experimentar esse chá: repararam que ele tem umas folhas meio peludinhas? Achei que tivesse mofado, mas cheirei, cheirei e continuava com aroma impecável... Mas mesmo assim, provei. Aí fui ler o meu guia de chás, e vi que realmente esse chá branco é peludinho...

Olhem o último, o Silver Needles...


Senti muito aroma de cravo nele, tomei um pouco dele sem adoçar e gostei pois senti bastante aroma, não tanto o gosto, mas senti a necessidade de adoçar para tentar achar o restante dos aromas e sabores. Acho que achei quase todos, principalmente a maçã e a canela, cravo.

Deu vontade de ter outros chás brancos, suaves em sabor como esse.

Chá é um momento da gente coma gente e um dos meus hobbys, esses dias nem estava conseguindo admirar meus chás que fiquei estressada, mas agora, tudo volta ao normal, assim espero.

Bjão!

*eu mesma comprei os chás, eu mesma experimentei e ninguém me pagou para isso, ou seja, não é post patrocinado

O negócio é planejar

Ando motivada a retomar a vida e os cuidados com minha saúde.

Esses dias deixei meu jantar da semana pronto, só faltando uns legumes e a salada, que é melhor quando feito na hora.

Academia tá indo, acho que a boa forma logo volta :)

Não adianta, o negócio é se organizar, ainda vou comprar uns potes pra deixar mais coisas à mão.

A vida tá acalmando, isso é bom, muuuito bom!

Tentando deixar as exceções pro findi, tem tudo para dar certo, bora lá né?

Na foto, arroz, lentilha e proteína de soja :)

Bjuuuuus

Falando de chás - Pu Erh Brownie, da Tea Shop


Antes da páscoa, a Tea Shop lançou alguns chás com sabor de chocolate para a Páscoa, um presente original para esta época do ano. E acertaram na combinação, o pu erh com o sabor mais terroso dele combinou muito bem com a proposta


Segundo a descrição no site da Tea ShopBase de Chá Vermelho combinada com os ingredientes do bolo americano mais conhecido do mundo. Chá Vermelho, com um sabor peculiar terroso, misturado com pedaços de chocolate, toffee, baunilha, nozes, laranja e um toque de tangerina. Um delicioso brownie na sua xícara de chá. Disfrute com umas gotas de leite.


Acho que realmente ficaria bom com um pouco de leite de soja, ou de coco... Na próxima vez eu vou misturar com algum.



 Quando o vendedor abriu a lata para que eu sentisse o cheiro, já senti o aroma de longe!


Já disse uma vez, esses chás do tipo pu erh são os melhores para emagrecer, claro, aliando com uma dieta saudável né?

Fontes: Tea Shop

*Ninguém me pagou pelo post, quer dizer, eu fui lá, comprei o chá e estou falando a respeito dele, sem patrocínio nem nada, ou seja, não é post pago.

Falando de chás - Mandarina com especiarias, da Tribal


Infusão de chá mate com várias coisinhas boas junto.

Normalmente eu compro dessa marca no restaurante Mantra em Porto Alegre (restaurante vegano indiano), mas este comprei pela internet, só fico devendo onde, porque não lembro.


Nunca comi ou provei mandarina, nunca fomos apresentados, aí não sei dizer se condiz com a fruta, mas é uma experiencia diferente, e deliciosa.


Esse me animei em adoçar um pouquinho e a experiencia foi bem interessante, gostei mais adoçado do que "normal".


Ele dá uma animada porque tem um pouquinho de cafeina.



Aqui tem para comprar no próprio site da Tribal, aproveitem e olhem os outros mates que eles tem por lá.

*Ninguém me pagou pelo post, quer dizer, eu fui lá, comprei o chá e estou falando a respeito dele, sem patrocínio nem nada, ou seja, não é post pago.

Falando sobre chás - Gracia Blend Red, da Tea Shop


Mais um chá que adquiri na Tea Shop.

Desta vez, um blend da casa (mistura de chá com algo a mais), o Gracia Blend com chá vermelho.

O chá vermelho é o nome mais fácil de pronunciar que o seu nome "de verdade", que é Pu Erh (leia puer).


Esse blend é aromatizado com baunilha, casca de laranja, pétalas de rosa, de Centaurea cyanus (marianinha) e girassol. Olha que coisa linda!

Quando fui preparar o chá, fiquei um tempinho admirando a beleza dele...


 Abaixo, é a louça que meu pai trouxe do Japão quando foi fazer um curso lá pela empresa, faz já uns quase 18 anos que ele deve ter ido, mas só agora usei essa louça. Acreditem ou não.


Não sei se usei chá demais ou se ele é assim mais escurinho mesmo, mas achei que mostrar ele sendo servido daria uma ideia da cor dele.

É um chá muito perfumado, floral. Preciso experimentar o restante dessa linha!


Os chás do tipo Pu erh possuem um sabor mais terroso, meio seco, eu diria. Se quer emagrecer, é um bom chá. Melhor que o chá verde para este propósito. Mas, claro, não adianta ir num rodizio de pizzas e querer tomar chazinho pra compensar, não adianta né, fia...


O Pu erh é um chá um pouco mais caro que os demais.

Ele é um chá que é compactado e deixam ele lá envelhecendo e passando por uma pós-fermentação. Sofre uma classificação semelhante a do vinho, por ano de produção. Quanto mais antigo, mais caro.

Pelo que entendi desse chá, ele é tipo o champagne (só se chama de champagne aquele espumante produzido na região de... Champagne). Só se pode chamar de Pu erh aquele produzido no condado de Pu'er. Olha como ele fica:

fonte da imagem: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pu-erh

Mas para consumir o chá, tem que pegar uma faquinha e tirar umas lasquinhas, mas o chá que compramos já vem pronto, todo lascado. Ainda não achei lugar que venda ele em "bolinhas".

Já compreis chás verdes que custaram em torno de 20 - 30 reais 50 gramas, esse custa em média 50 reais a mesma quantidade. Mas vale a pena.

Era isso... já tomaram chá hoje?

Beijão!

Fontes:
Wikipédia
Tea Shop


*Ninguém me pagou pelo post, quer dizer, eu fui lá, comprei o chá e estou falando a respeito dele, sem patrocínio nem nada, ou seja, não é post pago.

E vamos indo

Acho que aos pouquinhos estou me recuperando, ontem maridex apareceu com um mimo pra mim, imprimiu umas fotos nossas.

Por conta dos problemas, acabamos deixando muitas coisas de lado, nem fizemos nada de Páscoa e tal. Faltou tempo e motivação também.

Tá bem dose retomar o ritmo, mas estou tentando me esforçar, entrar no trilho, mas tá meio confuso.

Vamos ver no que vai dar....

Estava com planos de fazer uma atividade física extra além da musculação, mas com esse "bode" fica difícil.

Voltaremos.

Falando sobre chás - Chá verde com aroma de Coco - Tea Shop


Ninguém percebeu que amo chás, né?

Não ando mais com aquela vontaaaade de falar de dieta e afins, foi assim que esse blog começou, para me ajudar a eliminar aqueles 30 quilos. Mudei um pouco, não ando tão paranóica em relação a dieta, não estou mais tão fanática e doida.

Outras coisas tomaram o tempo na minha vida, outros problemas vieram, como já disse uma vez aqui: Entendi que meus problemas, incluindo de auto estima, não se resolviam apenas com a eliminação de alguns quilos, a mudança deveria vir de dentro, se libertando de muita coisa... Um dia desses toco nesse assunto de novo.

Como a vida tá corrida e o estresse pegando, escolhi um sábado de sossego em casa para degustar alguns chás e falar sobre eles aqui.

Um momento nosso, que a gente curte um bom chá / infusão tem todo seu valor, é um encontro comigo mesma, é onde coloco as idéias no lugar, me encontro comigo mesma.

Uso minha melhor louça para isso, pois louça bonita não deveria ser guardada SÓ para as visitas!

Exagero? Cada um tem seu momento preferido consigo mesmo, eu me encontro com o chá!

Bom, e cadê o tal do chá???

O chá de hoje é o chá verde com coco, da Tea Shop, uma loja de chás que tá tomando conta por aí. Loja linda e sempre que vou, sou muito bem atendida! Dizem que os empregados refletem o chefe, o Jordi (não lembro como escreve o nome dele...), dono / sócio da rede é um amor, trabalhei na mesma empresa que ele, não trabalhamos diretamente juntos, mas o que vi e ouvi falar dele lá, é um excelente profissional e muito querido!


A embalagem que eles usam para vender os chás impede que a luz estrague o chá e se manter bem fechadinho, dura uma eternidade!


Como um bom chá verde, ele é amarguinho, pelo menos em mim, dá aquela puxadinha amarga na boca, mas que eu adoro. Eu tomo sem adoçar.

Ele tem coco ralado e aroma de creme de coco, e dá para perceber bem nitidamente que tem coco aí.


Segundo o site da Tea Shop: Os antioxidantes do chá verde combinados com a Vitamina E do coco ralado, ajudam a retardar o envelhecimento da pele.

Tomar chá e ainda se encher de benefícios, que tal?

Abaixo, ele depois de coado, conseguem ver que ele é feito das folhas do chá? Esses que a gente compra por aí estão mais para infusões do que para chá de verdade, eles moem meia dúzia de folhas e enchem de galhos. Não sei se era puro marketing, mas um dos mocinhos que me atendeu na Tea Shop esses dias, disse que um cliente que trabalhava em alguma fábrica de chás, disse que esses "chás" de saquinho tinham até sementes diversas misturadas!


Vale a pena tomar chá de verdade!

Em tempo: chá é o que se faz com a planta CAMÉLIA SINENSIS, o resto é chamado de infusão! Não existe chá de morango, isso se chama infusão de morango!

Quer saber mais sobre chás? Quer saber onde achar uma Tea Shop? Entre AQUI no site!

Espero que gostem de tomar chá comigo por aqui, falar do que gosto ajuda a aliviar o meu estresse e me faz esquecer dos problemas, acho que esse retorno ao blog vai me ajudar!

Beijinhos!!!!

*Ninguém me pagou pelo post, quer dizer, eu fui lá, comprei o chá e estou falando a respeito dele, sem patrocínio nem nada, ou seja, não é post pago.

E quando nada ajuda?

Então eu resolvo aparecer de novo.

Nem lembro quando vim pela última vez, mas ok.

Ando desanimada, meio jururu..  quando estava achando que as coisas iam decolar, vem um míssil e atinge o avião.

Em resumo, tá foda manter a dieta. Antes de tirar férias no início de março, estive numa pilha de estresse. Ok, vou descansar.

Ai vem um furacão que foi tão forte que passei muitas noites nas férias sem dormir, sem descansar, tensa, estressada... ou seja, nessas férias completei duas férias sem descansar e isso me frusta tanto que vocês não fazem idéia. Ou devem ter....

E aí to de volta trabalhando, o furacão virou só um temporal, mas a coisa continua tensa. Ando desanimada, academia podia estar melhor, alimentação também.... já fui na nutricionista no início de março com resultado meia boca, e de novo vou com desculpa pra consulta.

Tá tudo uma zorra.

Tenho alguns planos, mas como tá tudo tão meia boca nem sei o que fazer....

Espero que a fase passe.