Nosso próprio desafio


Tentar mudar os hábitos, ter uma vida mais saudável, emagrecer é um desafio solitário.

Até nos matriculamos na academia, vamos na nutricionista e/ou vigilantes do peso e etc e tudo dá uma força.

Mas não adianta matricular na academia e faltar. Não adianta ir na nutri e não seguir o que ela manda.

Ou seja, continuamos sozinhos.

É um desafio onde às vezes acabamos indo contra a gente mesmo, às vezes a favor, outra nos sabotamos, outra hora nos mimamos...

Nesse desafio é preciso fazer algo que ninguém pode fazer pela gente: a nossa parte.

Todo mundo pode nos ajudar, nos mostrar o caminho, mas a gente vai ter que ir sozinha. Não vai ter ninguém segurando tua mão para não comer demais ou dando porrada em você para ir para a academia, enfim.

Lidamos com os monstros, às vezes estamos sozinhos e dá aquela vontade de comer algo fora da dieta, como se o fato de comer escondido não contasse calorias. Mas conta sim.

E quem estamos enganando? A nutri? A professora da academia? Não, estamos mentindo para nós mesmos, o que acho pior.

Acreditar que somos capazes e fazer nossa parte é bom.

Vencer esse desafio é a melhor coisa que tem. Pois é um desafio só nosso.

Vestir aquela calça que não servia antes não tem preço. É o resultado do nosso esforço, é uma conquista só nossa onde só a gente sabe o valor dela.

Por isso que digo, não desista de você mesmo. Para tudo se dá um jeito, saia do comodismo. Se tá dificil sair do comodismo, vá atrás de ajuda, pscicologa, grupo de apoio... mas não desista de você mesma.

Depois de 5 anos lutando contra esse probleminha do excesso de peso, passei a entender muita coisa que gostaria de ter entendido lá atrás.

Não adianta enganar os outros, não adianta mentir e nem se fazer de louco. Somos responsáveis por nossas conquistas.

Tem que fazer sua parte.

Um comentário:

  1. sei bem do ke ta falando lindeza.. somos nosso pior inimigo... mas enfim... vida tem que ser feita de recomeços.. bjokas e sucesso

    ResponderExcluir

Fiquem à vontade!