O que é felicidade? E como o peso interfere nisso.



Estava aqui com o corpo todo dolorido do pilates e uma discussão em um grupo do zapzap me fez refletir um pouco sobre o tema.

O que é felicidade?

Muitas vezes quando estava nos meus primeiros processos de emagrecimento, eu achava que tudo mudaria quando emagrecesse. Que os problemas iriam se resolver, pois aquilo era o que mais me incomodava, logo, eliminando esse problema, eu estaria completamente feliz.

Bom, alguns ciclos de tentativa de emagrecimento depois, aprendi que a felicidade não se resumia ao peso e corpo. Isso era um começo.

Mas e agora, o que fazer com o resto?

Acredito que faz uns 2 ou 3 anos que tive esse insight e somente agora consegui reverter isso.

Sammy, mas e daí tu achou a chave da felicidade? Não.

Aprendi a me amar do jeito que sou, gordinha ou magrinha. Entendi que o processo de emagrecimento não deveria ser algo que me torturasse, que ao primeiro vacilo eu me punisse ou me achasse a pior pessoa do mundo.

Entendi, que para mim, funcionaria esse processo se eu me amasse e colocasse outras "felicidades" na roda. Entender que nem tudo é perfeito foi importante.

Talvez a gente seja feliz em muito aspectos, mas em relação ao corpo não somos tão felizes assim e queremos mudar. Jóia, pois a tua felicidade não está atrelada simplesmente ao formato do corpo quando temos tanta coisa boa na vida. Você entende que viver o agora é o que há, não espera um peso na balança para ser feliz.

*Ah mas não existe gente que é feliz porque é gorda.

Talvez. Não conheço alguém que fosse feliz justamente por ser gorda, única e exclusivamente. Porque isso é muito intimo também, daí complica. Talvez no seu conceito de felicidade não está incluso "ser feliz com esse corpo que tenho hoje e não ficar fazendo dieta", esse é seu conceito e respeitamos, pois é o SEU conceito. Com tanto preconceito aos acima do peso (principalmente mulheres), dizer que quer ser gordo mesmo e tá bom assim  ainda é um tabu.
As crenças e valores pessoais influenciam nesse conceito de felicidade.

*Mas gordo não é saudável.

Conheço gordos que a saúde é muito melhor que muito magro. Tenho um conhecido bem magrinho que tem diabetes e vive com problemas respiratórios. Conheço um gordinho que anda pelo menos uns 5km (ou mais) todo dia para fazer suas coisas e tá bem. Tem gordinho que sofre de colesterol, tenho uma amiga magra que tem problema de rim, estômago, fígado... Tenho amigas magras que tão bem, e gordinhos que estão bem também.

Diagnosticar saúde apenas pelo IMC é uma roubada. Pois fica aquele conceito que magro não precisa se cuidar tanto, porque quem é doente é o gordo. Gordinho e magrinho precisam fazer check up sim, precisam se exercitar sim, ambos precisam se cuidar.

*Então tu quer que todo mundo engorde porque é mais legal?

Pelo amor dos Deuses, não! Não é porque defendemos que a pessoa pode ser sim feliz gorda se ela quer assim que isso signifique que seja tudo uma ditadura pró-obesidade. Não né, pelo amor dos deuses e deusas...

*Sou feliz mesmo sendo gordinha, isso não é um fator determinante para minha felicidade

Se isso não é determinante para tua felicidade, não há nada de errado com isso. Se tá te cuidando, como todo mundo deveria (independente do peso), tá jóia.

*Tá, e o que tá certo? ser feliz gorda ou ir atrás de um corpo saudável, comer até fica gorda, não tô entendendo, Tia Sammy!!!

Você pode ficar do jeito que está
Você pode emagrecer porque o médico recomendou isso em função de algum problema de saúde.
Você pode querer emagrecer porque você acha que fica melhor mais magra, mas não deixa de viver por isso.
Você pode ser magra e se cuidar sem problema nenhum.
Você pode ser gordinha e cuidar da alimentação e fazer exercícios.
Você pode fazer aquilo que é melhor para VOCÊ, não norteie isso tudo com base no que os outros vão achar, os outros não pagam tua conta, tá?
Você, magra ou gorda, pode comer besteira quando sentir vontade de comer sim!

Os padrões estéticos femininos mudam ao longo dos tempos... é só um padrão besta. Não te guia nele não, viu? faz o que te deixa bem. E nunca, jamais, julgue o que pode deixar alguém feliz ou não usando suas crenças e valores pessoais, que são só SEUS.

A discussão vai mais longe, com certeza. Mas não acaba por aqui :)

Beijinhos!

2 comentários:

  1. Eu percebi isso quando vi um parente separando apos emagrecer, percebi que não importa o corpo que temos, e sim como nos sentimos bem, esta certíssima nas palavras, o importante é estarmos bem com nossa mente.

    ResponderExcluir
  2. felicidade é uma coisinha complicada... eu acredito em momentos felizes... mas torço por todas nós..rs.. bjokas lindeza e sucesso sempre

    ResponderExcluir

Fiquem à vontade!